Portugal no século xiii

969 palavras 4 páginas
PORTUGAL NO SÉCULO XIII

APROVEITAMENTO DOS RECURSOS NATURAIS E ATIVIDADES ECONÓMICAS Portugal tem características naturais diferentes, ao longo do seu território. Cada região tem um conjunto de recursos naturais, isto é, riquezas existentes na natureza, que o Homem utiliza em seu proveito e que permitem que aí se fixe e viva. |

Florestas | Prados | - CAÇA;- MEL E CERA;- FRUTOS SILVESTRES;- CORTIÇA;- MADEIRA. | - CARNE;- LEITE;- LÃ. | Terras aráveis | Mares | - LEGUMES;- CEREAIS;- FRUTA;- VINHO. | - PEIXE;- MARISCO;- SAL. |

Para aproveitar os recursos naturais, o Homem teve de desenvolver diferentes atividades económicas, isto é, atividades a que as pessoas se dedicam para obter riquezas. |

Exploração florestal (lenhadores, caçadores) | Pastorícia | - das florestas, o Homem retirava muitos produtos, como a lenha, o mel, os frutos silvestres… | - os prados naturais permitiam a pastorícia. | Agricultura | Pesca | - nas terras mais ricas, o Homem praticou a agricultura: cultivou cereais, legumes, vinha, plantou árvores de fruto e linho. | - quando as terras eram atravessadas por um rio, o Homem dedicava-se à pesca. | Salicultura (extração de sal) | - quando vivia junto ao mar, além da pesca, o Homem dedicava-se também à extração de sal. |

Com os produtos obtidos da natureza, o Homem praticava no centro das cidades/vilas: |

Artesanato | Comércio | - trabalhando à mão com o auxílio de ferramentas simples, faziam o vestuário, o calçado,

Relacionados

  • Produção trufas em Portugal
    11097 palavras | 45 páginas
  • Fundação leão xiii
    3928 palavras | 16 páginas
  • Romantismo em portugal e no brasil
    8234 palavras | 33 páginas
  • romantismo em portugal
    1026 palavras | 5 páginas
  • Realismo no brasil e portugal
    1268 palavras | 6 páginas
  • Setor público portugal
    16001 palavras | 65 páginas
  • o realismo em portugal
    1990 palavras | 8 páginas
  • Relatório: “A espiritualidade na Idade Média ocidental (Séculos VIII a XIII)", de André Vauchez.
    5209 palavras | 21 páginas
  • O barroco em portugal
    999 palavras | 4 páginas
  • Paleolítico em Portugal
    1004 palavras | 5 páginas