Prótese adesiva provisória: um relato de caso

3013 palavras 13 páginas
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
DEPARTAMENTO DE ESTOMATOLOGIA
DISCIPLINA DE CLÍNICA INTEGRADA

PRÓTESE ADESIVA PROVISÓRIA:
UM RELATO DE CASO

Florianópolis, 03 de junho de 2005.
RESUMO

Próteses fixas adesivas provisórias reforçadas com fibras são um método simples, não invasivo, de baixo custo, com resistência e estética satisfatórias, que possibilitam o restabelecimento imediato nos casos de perda de elementos dentais anteriores. Este trabalho descreve um caso clínico realizado no atendimento de emergência da Clínica Odontológica da Universidade Federal de Santa Catarina, onde se relata uma técnica para a reposição temporária do elemento 21 utilizando-se uma coroa de resina acrílica
…exibir mais conteúdo…
As primeiras são constituídas de óxidos de silicona, alumínio e magnésio, apresentando as mesmas propriedades independentemente da direção da carga. Desse modo, possui propriedades de dobramento superiores às das fibras de polietileno. Estas, por conseguinte, revelam boa resistência à tração e baixa resistência à compressão. Já a estética desfavorável limita a utilização das fibras de kevlar (Fibrekor). Outra classificação refere-se ao arranjo e à orientação das fibras. Os produtos unidirecionais possuem fibras dispostas paralelamente, o que aumenta sua resistência flexural (Fibrekor, Splint-It, Vectris Pontic), enquanto há materiais que exibem fibras trançadas (GlasSpan, Interlig) e ainda entrelaçadas, onde as fibras correm perpendicularmente (Ribbond). Uma terceira classificação divide as fibras em dois grupos: as pré-impregnadas e as não impregnadas. Os sistemas pré-impregnados com resina (Fibrekor, Splint-It, Vectris, Interlig) possuem melhores propriedades mecânicas haja vista a impregnação homogênea dos feixes de fibra; já os que necessitam da impregnação pelo cirurgião-dentista ou pelo técnico denotam menor praticidade devido a este fato (MELO JÚNIOR et al., 1999). TRUSHKOWSKY (2004) e VALLITTU (2004) revelaram que as propriedades das fibras de reforço dependem da direção das forças aplicadas em relação à orientação dos feixes. Relataram que estes devem se encontrar paralelos à maior tensão

Relacionados