Prescrição e Decadência - Fichamento

1512 palavras 7 páginas
FACULDADE CASTELO BRANCO
CURSO DE DIREITO

JUNIOR BUENO cezarbuenojunior@hotmail.com FICHAMENTO SOBRE PRESCRIÇÃO E DECADÊNCIA

COLATINA
2013

JUNIOR BUENO cezarbuenojunior@hotmail.com FICHAMENTO SOBRE PRESCRIÇÃO E DECADÊNCIA Fichamento apresentado à Disciplina Didática do curso de Direito da Faculdade Castelo Branco – FUNCAB, sob orientação da professora de Direito Civil II, Édila Serra.

COLATINA
2013

PRESCRIÇÃO E DECADÊNCIA
GONÇALVES, Carlos Roberto – Prescrição e Decadência. Direito Civil Parte Geral, sinopses jurídicas 1. Ed.
…exibir mais conteúdo…
O Direito de Ação é garantido através de um Principio Constitucional, onde esse direito é público, abstrato e subjetivo, e qualquer um pode exercê-lo em juízo.
O principio que garante o Direito de Ação é o Princípio da Inafastabilidade do Controle Jurisdicional que assim dispõe:
“Princípio da Inafastabilidade do Controle Jurisdicional Princípio segundo o qual a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito, garantindo o livre acesso ao Judiciário, tendo a parte direito de ver apreciadas pelo juízo competente as suas razões e a ver fundamentadas as decisões que lhes negam conhecimento”. [1]

O Direito de Ação é o direito de ir a juízo e não o direito do pedido, ou seja, é o direito de ajuizar uma ação. Todos tem este direito, pois, é imprescritível - não tem prazo - e não precisa nem ter razão naquilo que pede. “De acordo com Carlos Roberto Gonçalves, Direito Civil parte geral - sinopses jurídicas 1, o atual código civil, para evitar polêmicas, adotou o vocábulo “pretensão” para indicar que não se trata de direito subjetivo, publico e abstrato de ação. Informa ainda que no art. 189 do Código Civil, que a prescrição se inicia no momento em que há violação do direito”. [2]
“Prescrição é a perda da pretensão de reparação do direito violado em virtude da inércia de seu titular no prazo previsto em lei.”
Pretensão é o poder de exigir de outra pessoa

Relacionados

  • tributario
    6807 palavras | 28 páginas
  • direito do consumidor
    8633 palavras | 35 páginas
  • Fichamento/resumo: teoria do fato jurídico: plano da existência – marcos bernardes de mello
    7429 palavras | 30 páginas
  • Fichamento sobre processo penal
    7168 palavras | 29 páginas
  • Fichamento sobre os capítulos i e ii do livro curso de direito admistrativo do celso antônio bandeira de mello
    6028 palavras | 25 páginas
  • Fichamento da obra: fundamentos de história do direito antonio carlos wolkmer
    11263 palavras | 46 páginas
  • Fichamento do livro a fazenda pública em juízo de leonardo carneiro da cunha.
    11150 palavras | 45 páginas