Prevenção de suicídio através de técnicas cognitivo comportamental

2658 palavras 11 páginas
PREVENÇÃO DE SUICÍDIO ATRAVÉS DA APLICAÇÃO DE TÉCNICAS COGNITIVO COMPORTAMENTAL

Márcia Cristina Magalhães Pisano, autora Formação de Psicóloga, Bacharel e Licenciada- Centro Universitário de Itajubá- Universitas Especialista em Gestão de Pessoas- Faculdade de Administração e Informática Pós graduando em Terapia Cognitivo Comportamental- Unisal marciapisano@yahoo.com.br Nancy Inocente, orientadora nancyinocente@gmail.com

Resumo- O suicídio é um problema de saúde pública que atinge crianças, adolescentes e adultos. A Terapia Cognitivo Comportamental engloba conceitos e técnicas de duas abordagens: Terapia Cognitiva e a Terapia Comportamental. A abordagem cognitiva foca o trabalho terapêutico sobre os fatores cognitivos que estão na
…exibir mais conteúdo…

O comportamento suicida vem ganhando impulso em termos numéricos, conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS): a) O número de mortes por suicídio, em termos globais, para o ano de 2003 girou em torno de 900 mil pessoas; b)Na faixa etária entre 15 e 35 anos, o suicídio está entre as três maiores causas de morte; c)Nos últimos 45 anos, a mortalidade global por suicídio vem migrando em participação percentual do grupo dos mais idosos para o de indivíduos mais jovens (15 a 45 anos); d)Em indivíduos entre 15 e 44 anos, o suicídio é a sexta causa de incapacitação; e)Para cada suicídio há, em média, 5 ou 6 pessoas próximas ao falecido que sofrem conseqüências emocionais, sociais e econômicas; f)1,4% do ônus global ocasionado por doenças no ano 2002 foi devido a tentativas de suicídio, e estima-se que chegará 2,4% em 2020 (OPS,2006). Considera-se, ainda, que os registros oficiais sobre tentativas de suicídio são mais escassos e menos confiáveis do que os de suicídio. Estima-se que o número de tentativas de suicídio supere o número de suicídios em pelo menos dez vezes (OPS, 2006). O suicídio é um acontecimento que é subscrito por uma tendência à autodestruição, na qual poderá ser compreendida num montante existencial (BASTOS, 2006). É um fenômeno complexo que é provavelmente determinado pela interação de diversos fatores, entre os quais a constituição biológica do indivíduo, sua história pessoal, eventos circunstanciais, bem como o meio ambiente (MANN, 1998). Existem

Relacionados

  • O tratamento de transtorno da personalidade borderline: uma perspectiva cognitivo-comportamental e analítico-comportamental
    18504 palavras | 75 páginas
  • Habilidades sociais
    5036 palavras | 21 páginas
  • Tcc- alcoolismo no trabalho
    9638 palavras | 39 páginas
  • O cuidado de Enfermagem a pacientes postadores de esquizofrenia em urgencia e emergencia
    5254 palavras | 22 páginas
  • PSICOSSOCIOLOGIA do trabalho
    9783 palavras | 40 páginas
  • EMOÇÕES-UMA CONSTRUÇÃO REFLEXIVA
    7610 palavras | 31 páginas
  • Psicofarmacologia de antidepressivos tricíclicos e inibidores seletivos da recaptação de serotonina
    15958 palavras | 64 páginas
  • Estresse infantil no rendimento escolar
    18761 palavras | 75 páginas
  • Farmacologia da Dependência e Abuso de Drogas
    16873 palavras | 68 páginas