Processo de alfabetização: concepções e práticas alfabetizadoras no contexto da escola pública

5335 palavras 22 páginas
PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO: CONCEPÇÕES E PRÁTICAS ALFABETIZADORAS NO CONTEXTO DA ESCOLA PÚBLICA

Maria Aparecida Carvalho Mendonça[1]
Roseli Inocêncio Santos[2]
Silmara Rosa Mota[3]
Claudionor Alves da Silva[4]

Resumo: A concepção de alfabetização precisou ser ressignificada para atender as novas propostas de valorização da criança e do seu reconhecimento como sujeito ativo. Mesmo havendo muitos professores que ainda continuam com a velha concepção tradicional de alfabetizar mecanicamente, alguns já estão abrindo os olhos para essa nova concepção em que o processo de alfabetização está estritamente ligado ao paradigma do letramento que é um processo que não ocorre apenas na escola, mas ao longo da vida. Nessa perspectiva, buscamos demonstrar o importante papel do educador nesse processo e ainda como é necessária uma formação adequada para que esse educador realize a mediação e construção do conhecimento em interação com o educando.

Palavras-chave: alfabetização, letramento, formação continuada.

Introdução

É crescente o número de estudos realizados sobre o processo de alfabetização, desde sua conceituação e compreensão no contexto atual. Esses estudos têm por objetivo tentar definir um conceito de alfabetização que sirva de base para as políticas de alfabetização e ainda de suporte para a formação de professores. O termo alfabetização vem sofrendo modificações em seu conceito ou significado, acompanhando as mudanças que ocorreram no

Relacionados

  • Tcc pedagogia eja
    4619 palavras | 19 páginas
  • Alfabetização
    2772 palavras | 12 páginas
  • O fracasso escolar na alfabetização
    4955 palavras | 20 páginas
  • Alfabetizar letrando: uma proposta de aprendizagem da língua escrita
    5977 palavras | 24 páginas
  • Relatorio de estagio supervisionado na eja word
    6521 palavras | 27 páginas
  • Ensaio cientifico
    8994 palavras | 36 páginas