Psico-odontologia aplicada a saúde

3261 palavras 13 páginas
THAYS MARIA FRANCA FALCÃO BATISTA DANTASINTRODUÇÃO À PSICOLOGIA: OBJETIVOS E VARIÁVEIS PSICOSSOCIAIS trabalho requerido para a dispensa da disciplina de psicologia aplicada à saúde no curso de graduação em Odontologia
JOÃO PESSOA
2014
SUMÁRIO:
1 – INTRODUÇÃO --------------------------------------------------------------------------------------------------- 3
2 – REVISÃO DE LITERATURA ------------------------------------------------------------------------------------ 4
3 – CONCLUSÃO --------------------------------------------------------------------------------------------------- 10
4 – REFERÊNCIAS -------------------------------------------------------------------------------------------------- 11
Introdução
A Psicologia, como ciência, estuda o psiquismo, e a Odontologia ocupa-se de uma parte específica do corpo que se relaciona com o aparelho mastigatório; portanto, à primeira vista, os universos desses dois campos não poderiam estar mais distantes. Mas nas últimas décadas, tornou-se cada vez mais claro que “soma” e “psíquico” formam uma só unidade e que não existe dissociação possível entre “corpo” e “mente”. 1
A simples constatação de que dentes e gengivas a serem tratados pertencem a um homem em particular, sujeito não só a problemas bucais como também a questão de natureza psicológica e social, já define uma aproximação. Mais claro ainda fica se considerarmos que o dentista também é um indivíduo sobre o qual incidem tensões, desejos, alegrias e medos,

Relacionados

  • Fisiologia da sucção
    1976 palavras | 8 páginas
  • Cinesiologia e biomecânica
    3047 palavras | 13 páginas