Psicologia juridica

20193 palavras 81 páginas
APOSTILA DE PSICOLOGIA JURIDICA APOSTILA DE PSICOLOGIA JURIDICA
UNIIVERSIIDADE PAULIISTA – UNIIP UN VERS DADE PAUL STA – UN P 201 1 201 1

APOSTILA PSICOLOGIA JURIDICA 2 PARTE
AULA 6 - MECANISMOS DE DEFESA AULA 7 – TRANTORNOS DE PERSONALIDADE – Ted Bundy AULA 8 – PSICOLOGIA DA MENTIRA E PSICOLOGIA DO TESTEMUNHO – Lie to me. AULA 9 – MENORES INFRATORES – CRIMINALIDADE - Caso Champinha AULA 10 – TESTES PROJETIVOS – UMA ANALISE FORENSE

PROFa MIRIAM GARAVELLI – PERITA CRIMINAL - INSTITUTO DE CRIMINALISTICA DE SÃO PAULO

APOSTILA DE PSICOLOGIA JURIDICA APOSTILA DE PSICOLOGIA JURIDICA
UNIIVERSIIDADE PAULIISTA – UNIIP UN VERS DADE PAUL STA – UN P 201 1 201 1

Mecanismos de Defesa do Ego

ID
• Parte primitiva da mente • - instinto irracional • princípios do prazer • Sem moral, ética • Na fase adulta, o Id é influenciado pelo Ego e Superego.

SUPEREGO
• Impedir a realização dos instintos e desejos do Id. Castiga o Ego por se influenciar pelo Id provocando os sentimentos de culpa • Utiliza regras, éticas, valores e moralidades para agir no Ego de forma a censurar o Id.

• •

O Ego quando influenciado pelo Id torna um indivíduo agressivo, dependente, escandaloso, histérico, impaciente, mal-humorado, rebelde, falso, egoísta, etc. Quando influenciado pelo Superego torna o mesmo crítico, acusador, exigente, preconceituoso, prepotente, autoritário, invalidador de idéias, etc. mostrando que os elementos da estrutura mental são interdependentes não podendo ser considerados isoladamente.

Relacionados

  • Slides psicologia juridica
    978 palavras | 4 páginas
  • RESENHA DO CAPÍTULO 5 DO LIVRO PSICOLOGIA JURÍDICA DO FIORELLI Julgadores, vítimas e instituições de exclusão
    804 palavras | 4 páginas
  • Famílias e Separações perspectivas da psicologia Jurídica A família com padrasto e / ou madrasta: um Panorama
    1674 palavras | 7 páginas
  • Resumo Psicologia Juridica
    11445 palavras | 46 páginas
  • resumo psicologia jurídica no brasil e na América latina
    1364 palavras | 6 páginas
  • Trabalho de psicologia Juridica
    882 palavras | 4 páginas
  • Resenha do capítulo Pensando a psicologia aplicada à Justiça do livro “Psicologia Jurídica no Brasil”
    769 palavras | 4 páginas