Psicopatologia

2133 palavras 9 páginas
Capitulo 9 – Funções Psíquicas elementares e suas alterações.
Advertências: As limitações de uma psicopatologia das funções psíquicas.
Função Psíquica é um procedimento essencialmente artificial, pois podem ocorrer enganos e simplificações inadequadas.
Eugene Minkowski em 1966 questiona se o objetivo da psicopatologia seria o estudo se sintomas isolados, atomizado e cindido ou se, de fato, não seria mais adequado um projeto de estudo holístico, globalizante, da pessoa que adoeceu.
O que conta não são os sintomas e sinais, mas, sobretudo, o fundo mental e inter-humano do qual eles procedem e no qual se realizam, e que, afinal, determinam a sua significação, o seu sentido.
Minkowski critico a patologia como apenas a descrição mecânica e
…exibir mais conteúdo…

Estagio 1 Mais leve e superficial, de 4 a 6 cidos por segundo (2 a 5% do tempo total de sono) “TTS”.
Estagio 2 Um pouco menos superficial, de 13 a 15 ciclos por segundo (45 a 55% do tempo total do sono).
Estagio 3 Sono mais profundo, de 0,5 a 2,5 ciclos (3 a 8% do TTS).
Estagio 4 É o estágio de sono mais profundo. É mais difícil de despertar alguém nos estágios 3 e 4, podendo o indivíduo apresentar confuso ao ser despertado (10 a 15% TTS)
Sono REM Não é um sono leve nem profundo, tipo de sono qualitativamente diferente.
O sonho: Fenômeno associado ao sono, alteração normal da consciência.
Estagio onírico Sonhando acordado.
Gerard de Nerval, o sonho é um modelo fértil para o entendimento da condição humana.
Trabalho do sonho (Freud) transforma os conteúdos latentes (inconsciente) do sonho original em conteúdo manifestos (consciente) do sonho lembrado.
Alterações Patológicas da consciência.
Alterações quantitativas da consciência: rebaixamento do nível de consciência.
Obnubilação da consciência É o rebaixamento da consciência em grau leve e moderado (O paciente não apresenta sonolência).
O-B-N-U-B-I-L-A-R Obscurecer. A obnubilação é o estado de perturbação da consciência, caracterizado por ofuscação da vista e obscurecimento do pensamento.
Sopor: Um estado marcante de turvação da consciência. O paciente é incapaz de qualquer ação espontânea (o paciente evidentemente sonolento).
Coma: É o grau mais

Relacionados

  • Psicopatologia
    2737 palavras | 11 páginas
  • Psicopatologia
    1719 palavras | 7 páginas
  • Psicopatologia
    1392 palavras | 6 páginas
  • Psicopatologia do trabalho
    6413 palavras | 26 páginas
  • Sociopatologia e psicopatologia
    547 palavras | 3 páginas
  • Estamira e Psicopatologia
    1284 palavras | 6 páginas
  • Psicopatologia e implicações forenses
    1780 palavras | 8 páginas
  • A psicopatologia na infancia
    3010 palavras | 13 páginas
  • Psicopatologia infanto juvenil
    2586 palavras | 11 páginas
  • Psicopatologia Forense
    2285 palavras | 10 páginas