Quem se preocupa com a vítima?

1086 palavras 5 páginas
TRABALHO DE PSICOLOGIA

Quem se preocupa com a vítima?

1- Introdução

É fato público e notório que o sistema penal estigmatiza e exclui pessoas. A atuação seletiva da justiça criminal cria e reforça as desigualdades sociais, o sistema criminal rouba o conflito das partes diretamente envolvidas, estigmatizando-as como “delinquente” e “vítima”. A pena imposta pelo Estado perde sua legitimidade porque não guarda nenhuma relação com a pessoa efetivamente prejudicada no conflito. A vítima sofre o mesmo processo de privação de identidade que o delinquente; suas expectativas não são levadas em conta. O Estado substitui a vítima sem levar em conta suas necessidades. A vítima de uma ocorrência criminal, também é um ser humano que sofre danos físicos, psíquicos e econômicos, sendo sempre esquecida após o fato deixar de ser atrativo nos órgãos de comunicação. Para a sua proteção foram criados o Sistema Provita (Proteção de Vítimas Ameaçadas) e o Cravi (Centro de Referência e Apoio à Vítima) não sendo tão efetivos quanto o esperado.

2- Vitimologia

Vitimologia pode ser definida como o estudo científico da extensão, natureza e causas da vitimização criminal, suas consequências para as pessoas envolvidas e as reações àquela pela sociedade, em particular pela polícia e pelo sistema

Relacionados

  • Aprendendo e se divertindo com a matemática do dia-a-dia
    11488 palavras | 46 páginas
  • Resumo do capítulo sobre jequitibás e eucaliptos(conversas com quem gosta de ensinar)
    1805 palavras | 8 páginas
  • Como tomará as decisões com que se confronta
    2889 palavras | 12 páginas
  • Quem de mim se alimenta, também viverá por mim. João 6.57
    4625 palavras | 19 páginas
  • Quem perde restitui gastos com honorários contratuais
    3056 palavras | 13 páginas
  • Roubo com constrição da vítima x extorsão mediante sequestro x sequestro-relâmpago
    1209 palavras | 5 páginas
  • Sequência didática com o livro Quem ganha o jogo?
    897 palavras | 4 páginas
  • Mulher se casa com mendigo achando que era um lumbersexual
    975 palavras | 4 páginas