Questões Se os tubarões fossem homens

1202 palavras 5 páginas
01 QUEM SÃO OS PEIXINHOS E TUBARÕES NESSA ESPÉCIE DE ALEGORIA?
Essa espécie de alegoria representa uma suposta civilização no mar, onde os tubarões representariam um poder soberano ao assumir posições de governantes (grandes e poderosos, influenciadores e alienadores), ficando para os peixinhos o papel da população dominada e controlada por eles (classe baixa da sociedade, submissos socialmente e intelectualmente).

02 PARA QUE DISPENSAR CUIDADOS AOS PEIXINHOS?
Como em toda sociedade politicamente organizada, o povo (peixinhos) é peça chave para os governantes (tubarões). Os tubarões não podem dispensar cuidados aos peixinhos pois estes rendem das mais diversas formas ao governo vigente durante toda a sua vida (os peixes bem tratados se tornam alimento farto e fácil aos tubarões, assegurando sua sobrevivência e estabilidade). Os peixinhos, por sua vez, pensam que estão recebendo grande ajuda do governo e que estão em dívida com eles em relação a isso.

03 QUAL A NECESSIDADE DE PROMOVER FESTAS? DÊEM EXEMPLOS DE PROMOÇÃO DESSA NATUREZA PARA A REALIDADE QUE VIVEMOS.
A promoção de festas por parte dos tubarões pode ser relacionada à política do Pão e Circo da Roma antiga. Ao se iniciar uma civilização no mar, esta sofreria dos mesmos problemas sociais de outras civilizações: crescimento demográfico, desemprego, desigualdades, etc. Para manter a sociedade em ordem, idealiza-se festas para entreter a população que, em clima de distração, acaba esquecendo os problemas da

Relacionados

  • Questões sobre o filme 12 homens e uma sentença.
    1130 palavras | 5 páginas
  • A Geografia Pode Servir Para Tornar Os Homens Cidad Os Esclarecidos
    416 palavras | 2 páginas
  • Questões de Diversidade Animal. Os primeiros animais
    2396 palavras | 10 páginas
  • Questões sobre o texto os sertões, de euclides da cunha:
    1611 palavras | 7 páginas
  • RESENHA CRÍTICA DA OBRA “DISCURSO SOBRE AS ORIGENS E OS FUNDAMENTOS DA DESIGUALDADE ENTRE OS HOMENS”.
    1386 palavras | 6 páginas
  • Resenha do livro - discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens.
    4622 palavras | 19 páginas
  • Os sertões (adaptação) - questões e análise das obras
    3058 palavras | 13 páginas