RESENHA CRÍTICA DA OBRA DESENHO AMBIENTAL (MARIA ASSUNÇÃO RIBEIRO FRANCO)

1530 palavras 7 páginas
RESENHA CRÍTICA DA OBRA
DESENHO AMBIENTAL (MARIA ASSUNÇÃO RIBEIRO FRANCO)

Capítulo 1 – Os percursores
A Crescente Valorização do Paisagismo
O paisagismo ganhou ênfase nos últimos 20 anos, com a decadência da racionalidade do pensamento modernista, tornou-se possível experimentar uma nova postura para o desenho de paisagens. A importância do paisagismo deve-se a uma série de profissionais do contexto pós guerra que deram as bases formais e técnicas, e também ao estudo acadêmico na década de 1970 nos EUA. Atualmente o paisagismo , é tão relevante que muitas vezes como coloca a autora assume “estética superior à do desenho arquitetônico”.
O Paisagismo da Década de 1950 à Década de 1970
Nessa época surgiram importantes nomes da arquitetura paisagística em diversos lugares do mundo,cada um com suas particularidades. No Brasil, Roberto Burle Marx mesmo modernista, adota uma linha projetual bastante autentica com formas orgânicas oriundas da natureza. O grande diferencial de seu trabalho foi o reconhecimento da flora nativa, mergulhado nesse partido realizou diversas viagens de estudo com um botânico para conhecer os diversos ambientes naturais, e dessa forma incorporou plantas nativas no seu trabalho.
No México, Luis Barragan, contrapôs formas arquitetônicas simples, com complexas massas vegetais, criando um ambiente “surrealista” como coloca a autora.
Na Suiça Ernest Kramer adotou formas piramidais em sua obra “ Jardim Poeta” rompendo assim com a idéia de que a

Relacionados

  • Planejamento ambiental para a cidade sustentável – Maria de Assunção Ribeiro Franco
    584 palavras | 3 páginas
  • Resenha critica da obra metafisica de aristoteles
    1408 palavras | 6 páginas
  • A resenha da Teoria Crítica
    8452 palavras | 34 páginas
  • 1. Resenha critica da obra “O PRAZER DE LER FREUD”
    795 palavras | 4 páginas
  • Resenha crítica vida maria
    830 palavras | 4 páginas
  • Resenha critica da obra senhora de jose de alencar
    924 palavras | 4 páginas
  • RESENHA CRÍTICA DA OBRA “DISCURSO SOBRE AS ORIGENS E OS FUNDAMENTOS DA DESIGUALDADE ENTRE OS HOMENS”.
    1386 palavras | 6 páginas
  • Resenha crítica - pedagogia da autonomia
    1092 palavras | 5 páginas
  • Resenha crítica da obra " memórias de um sargento de milícias"
    711 palavras | 3 páginas