RESENHA DO LIVRO - O ESTRANHO CASO DE Dr. JAKYLL E Mr. HYDE

1718 palavras 7 páginas
RESENHA DESCRITIVA
Autor - Wanderley Pereira dos Santos*

Referencia bibliográfica

Stevenson, Robert Louis Balfour. O Estranho Caso de Dr. Jekyll e Mr. Hyde. Rio de Janeiro:Clássicos Econômicos Newton, 1996. Título original: The Strange case of Doctor Jekyll and Mister HydeII. London; 1886. Tradução: Mário Fondelli. Editora Newton Campton Brasil Ltda, 1996.

Descrição DA OBRA

A obra de Stevenson contém aproximadamente 100 páginas distribuídas em uma introdução, na cronologia da vida e das obras do autor e 10 capítulos temáticos.
A referida obra está distribuída em um pequeno índice temático onde são expostos os referidos capítulos com a paginação, a sequência cronológica dos fatos, bem como o subtítulo de cada capitulo.
…exibir mais conteúdo…
Isto não significa dizer que a obra seja simples, pois Stevenson oferece-nos uma narrativa sofisticada, levando-se em conta que fora escrita há aproximadamente 125 anos atrás.

CONCLUSÃO

O estranho caso de Dr Jekyll e Mr Hyde narra as razões do gradual definhamento do respeitado Dr Jekyll e do execrável comportamento de Mr. Hyde, misteriosamente ligado a Jekyll. Essa história é revelada aos leitores através de uma série de diferentes pontos de vista representados por Mr. Utterson (advogado de Jekyll), Mr. Enfield (primo distante do advogado), Dr. Lanyon (amigo de juventude tanto de Jekyll quanto de Utterson) e Poole, (mordomo de Jekyll).
O renomado Dr. Henry Jekyll quer separar os aspectos benéficos e maléficos da natureza humana, por meio de uma droga desenvolvida secretamente por ele em seu laboratório, consegue liberar seu lado mal incorporado na forma de Mr. Hyde.
Inicialmente Jekyll tem facilidade de reverter o processo assumindo novamente a figura e a personalidade do cientista, mas lentamente isso vai se tornando cada vez mais difícil até que ele passe involuntariamente a assumir a forma de Hyde. Eventualmente seu suprimento da droga acaba e ele é incapaz de reduplicar a formula. A situação se agrava com o assassinato de Sir Carew Danvers por Hyde e, Jekyll não vê saída senão o suicídio. O corpo descoberto no laboratório por Utterson e Poole é o de Hyde, mas a confissão deixada por Jekyll

Relacionados

  • O estranho caso do cachorro morto
    668 palavras | 3 páginas
  • Resenha do livro "letramento e alfabetização" de magda soares
    1298 palavras | 6 páginas
  • Resenha do livro - imaginação de marketing
    1499 palavras | 6 páginas
  • Resumo e conclusão do livro o caso dos exploradores de cavernas
    959 palavras | 4 páginas
  • RESENHA CRÍTICA DO LIVRO “O MONGE E O EXECUTIVO
    1481 palavras | 6 páginas
  • Resenha do livro o que é semiótica
    2230 palavras | 9 páginas
  • Resenha do livro O caçador de pipas
    1414 palavras | 6 páginas
  • Resumo Livro O Medico e Monstro
    2344 palavras | 10 páginas