RESENHA: “O POPULISMO NA POLÍTICA BRASILEIRA.” (Francisco Weffort)

1290 palavras 6 páginas
Trata-se de 3 capítulos de um livro que descreve as diferentes fases e atuações da massa populacional nos regimes ditatoriais: populismo e nacionalismo.

Para o autor segundo meu entendimento, ambos os regimes não aconteceram em acordo, um seria o oposto ao outro.O populismo seria a falta de uma ideologia, já o nacionalismo seria em si próprio algo ideológico, pois segundo o autor, no populismo “...as massas se orientam por pessoas e não por idéias.”

Foi de difícil compreensão boa parte do texto, pois parece que o autor entra em contradição com suas idéias o tempo todo, além de entrar em choque também com os meus conceitos do que seriam tais regimes, do que eles representavam e como se deu a atuação das massas quando ocorreram.

Assim como inúmeros outros intelectuais que escrevem acerca da política no Brasil, Corrêa também afirma que aqui, mais que em qualquer outro lugar, existiu uma união de forças entre elites para a não existência da participação popular na política, o que da a entender que existiu(te), uma elite organizada muito forte e conservadora. “ Por força da clássica antecipação das “elites”, as massas populares permaneceram neste período( e permanecem ainda nos dias atuais) o parceiro-fantasma no jogo político. Foram a grande força que nunca chegou a participar diretamente dos grandes embates, sempre resolvidos entre quadros políticos dos grupos dominantes, alguns dos quais reivindicando para si a interpretação legitima dos interesses populares.”. A

Relacionados

  • O estudo da morfologia nas gramaticas brasileira
    1800 palavras | 8 páginas
  • O arcabouço d politica educacional brasileira
    2283 palavras | 10 páginas
  • Resenha o golpe na educação
    984 palavras | 4 páginas
  • Resenha - "o que é política"
    1831 palavras | 8 páginas
  • O efeito-Foucault na historiografia brasileira
    1013 palavras | 5 páginas
  • Resenha livro "Política externa brasileira (1889-2002)”, Leticia Pinheiro.
    2160 palavras | 9 páginas
  • O papel da mulher na sociedade brasileira
    12290 palavras | 50 páginas
  • O NASCIMENTO DA IMPRENSA BRASILEIRA RESENHA
    627 palavras | 3 páginas
  • Resumo: o socioambientalismo na constituição brasileira
    284 palavras | 2 páginas