RESENHA do Livro: ARIÈS, Philippe. Um Historiador Diletante.

6133 palavras 25 páginas
RESENHA do Livro: ARIÈS, Philippe. Um Historiador Diletante. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1994.

Sobre o autor:

Philippe Ariès nasceu em 24 de junho de 1914, na França, conclui seus estudos de História na Sorbonne e faleceu em 1984. Uma de suas obras mais famosas chama-se “A História Social da Criança e da Família”, e fala sobre história da infância e da família moderna. Também escreveu inúmeros outros livros, dentre eles destacam-se: “História da Morte no Ocidente - Da Idade Média aos Nossos Dias”, “O Homem Diante da Morte” (vols. 1 e 2), “Reflexões Sobre a História da Homossexualidade”. Organizou, juntamente com André Béjin, “Sexualidades Ocidentais” e dirigiu, junto com Georges Duby, “História da Vida Privada”.
Adaptado do
…exibir mais conteúdo…
A partir de sua experiência familiar Ariès nos mostrará como os valores da sociedade francesa se refletiam no cotidiano de sua vida. Através das conversas com seus familiares Ariès nos mostra o quanto as famílias do século XIX, da geração de seus pais, mudaram em relação as gerações anteriores, mudanças estas reflexos da sociedade na qual estavam inseridas. Mudanças de comportamentos, valores, formas de ver a vida e de agir perante ela, mudanças ocorridas de geração para geração.
A mulher no XIX, ao contrário do que acontecia no XVII e no XVIII teria se tornado a grande responsável pela educação familiar, pela transmissão de valores, p. 20. A velhice que nas gerações anteriores “chegava” as 50 anos e incapacitava as pessoas, que se sentiam a partir daí excluídas da vida ativa, na geração dos pais de Phillipe adquire novo sentido, para eles “a velhice deixava de existir se se mantivesse vigorosamente a atividade” p. 21.
Este seria um exemplo das mudanças acontecidas na sociedade que se refletiam nas famílias, outro reflexo que Phillipe nos traz é com relação a política, que estava tão inserida no cotidiano familiar a ponto de dividir sua família em dois grandes grupos, os pertencentes ao partido “Ação Francesa”, (partido monarquista) e os pertencentes ao partido

Relacionados