RESUMO DO LIVRO A ECONOMIA LATINO AMERICANA CELSO FURTADO CAP 1 AO 13

14740 palavras 60 páginas
RESUMO DO LIVRO “A ECONOMIA LATINO-AMERICANA” – CELSO FURTADO
CAPÍTULO I –
A formação de uma consciência latino americana é fenômeno recente, decorrência dos novos problemas colocados pelo desenvolvimento econômico e social da região a partir a segunda guerra. (ou seja, no inicio não havia a consciência entre os países latinos americanos, aquela consciência de união e pensamento no futuro/desenvolvimento, foi apenas após alguns ocorridos –conforme será explicado abaixo- que essa consciência surgiu entre os países).
O desenvolvimento econômico fez com que os países latinos, este que eram países exportadores (Brasil de produtos tropicais e argentina de produtos temperados) e importadores de produtos manufaturados, virassem concorrentes entre si, sem que houvesse vinculo econômico algum entre eles. Porem, durante crise de 29, com as dificuldades de exportar, esses países chegaram a obter certos laços, e após a crise, mesmo com a pressão pra se reestabelecer os antigos padrões, esse período serviu para que se criassem contatos e explicitassem possibilidades.
Uma consciência regional começou a se fundar nos países latinos americanos quando na metade dos anos 50, a industrialização apoiada na substituição de importações começou evidenciar suas limitações, abrindo então pela primeira vez na América latina uma discussão em tornos dos obstáculos criados ao seu desenvolvimento.
Outro fator contribuinte para criação dessa consciência foi as relações com EUA, onde houve uma clara

Relacionados

  • Bresser Pereira: DO ANTIGO AO NOVO DESENVOLVIMENTISMO NA AMÉRICA LATINA.
    16073 palavras | 65 páginas
  • A ESTRATÉGIA DE INTERNACIONALIZAÇÃO DA NATURA: ANÁLISE PELA ÓPTICA DA VANTAGEM COMPETITIVA
    9311 palavras | 38 páginas