Ranicultura

4756 palavras 20 páginas
A ranicultura A ranicultura pode ser definida como a criação racional de rãs através da utilização de técnicas específicas, com o objetivo principal de produzir carne de rã, muito apreciada em razão do seu delicado sabor e também por tratar-se de uma carne com baixíssimo teor de gordura (0,33 gramas de lipídeos/100 gramas de carne), sendo indicada para pessoas doentes e crianças com problemas de alergias gastro-intestinais. Trata-se de um ramo da agropecuária nacional, que nos últimos anos apresentou um desenvolvimento extraordinário em função dos resultados das pesquisas que vêm sendo desenvolvidas. | | | |
Os Cuidados Em geral as rãs são animais bastante resistentes a quando criadas com o emprego das técnicas recomendadas, dificilmente ficam doentes. Pode-se dizer que o aparecimento de doenças nos ranários derivam do manejo incorreto dos animais e a introdução de agentes patogênicos. Entende-se por manejo incorreto a má alimentação dos animais, instalações e condições ambientais inadequadas e manuseio incorreto. Esses fatores agindo em conjunto ou separadamente causam stress nos animais diminuindo as suas defesas naturais, tornando-os mais suscetíveis às doenças. A introdução de agentes patogênicos nos ranários pode se dar através de animais de origem desconhecida ou através dos próprios funcionários ou visitantes. A ocorrência de doenças pode ser evitada tomando-se os seguintes cuidados: - Alimentar os animais

Relacionados

  • Contabilidade Aplicada ao Agronegócio
    6698 palavras | 27 páginas
  • inspeção de produtos de origem animal
    2501 palavras | 11 páginas
  • Resolução conema 04-2009
    3091 palavras | 13 páginas
  • PROJETO BÁSICO DE EMPREENDEDORISMO DE PISCICULTURA ORGÂNICA
    6729 palavras | 27 páginas
  • Projeto Ranicultura Melhor
    2782 palavras | 12 páginas
  • Classes de estudo = agronomia
    3000 palavras | 12 páginas
  • Tipos de financiamento Bancário
    1563 palavras | 7 páginas