Rede urbana brasileira

3991 palavras 16 páginas
INTRODUÇÃO O trabalho tem por objetivo analisar a rede urbana brasileira,tais como oseu processo, enfocando as transformações ocorridas no processo de crescimento demográfico, funcional e espacial das cidades brasileiras, de forma a contribuir para a definição de estratégias de apoio à formulação e à execução da política urbana nacional, bem como subsidiar as políticas setoriais e territoriais. Nele é mostrado todo processo de formação da rede urbana brasileira, e também como anda o atual processo de formação. Fica explicita as conseqüência que essa formação traga para cada região, além de destacar a região oeste da Bahia, e falar sobre o RIDE. Nas duas últimas décadas, o processo de urbanização no Brasil se manteve …exibir mais conteúdo…

Os migrantes que a região recebeu eram, em sua esmagadora maioria, constituída por trabalhadores desqualificados e mal-remunerados, que foram se concentrando na periferia das grandes cidades, em locais totalmente desprovidos de infra-estrutura urbana. Com o passar dos anos, a periferia se expandiu demais e a precariedade do sistema de transportes urbanos levou a população de baixa renda a preferir morar em favelas e cortiços no centro das metrópoles. Atualmente, 65% dos habitantes da Grande São Paulo e Grande Rio de Janeiro moram em cortiços, favelas, loteamentos clandestinos ou imóveis irregulares. A partir de então, durante as décadas de 70 e 80, essas duas metrópoles passaram a apresentar índices de crescimento populacional inferiores à média brasileira. Em todas as metrópoles regionais, exceto Recife, foram verificados índices superiores a essa mesma média. No Centro-Sul do país, as cidades estão plenamente conectadas, o que intensifica a troca de mercadorias, informações e ordens entre a população e os agentes econômicos. Já nas regiões mais atrasadas, a conexão entre as cidades é esparsa e a relação de troca é incipiente.

Características:

As cidades brasileiras desempenharam importantes funções no processo de ocupação do território, servindo como sítios de suporte ao povoamento, centros de controle político e de armazenamento da produção agro extrativa, núcleos de conexão com os circuitos

Relacionados

  • a formação e a evolução da rede urbana brasileira
    8566 palavras | 35 páginas
  • O espaço agrario e industrial brasileiro
    2485 palavras | 10 páginas
  • Setimo Bimestral Formatada
    1230 palavras | 5 páginas
  • Resenha Redes, emergência e organização
    1124 palavras | 5 páginas
  • Urbanização - exercicios
    1796 palavras | 8 páginas
  • Questoes
    942 palavras | 4 páginas
  • Questões urbanização
    1477 palavras | 6 páginas
  • Professor
    2090 palavras | 9 páginas