Redução de lead times produtivos

9966 palavras 40 páginas
5 REDUÇÃO DOS LEAD TIMES PRODUTIVOS
Procura-se nesse quinto capítulo apresentar a forma como os sistemas de produção JIT tratam a questão da redução dos diversos tempos componentes do lead time produtivo na busca pela flexibilidade. Inicialmente, define-se o lead time produtivo como o somatório dos tempos de espera, processamento, inspeção e transporte, sendo que o tempo de espera pode ser decomposto em espera para a programação da produção, espera na fila do recurso e espera no lote de produção. Cada um desses tempos componentes do lead time produtivo é descrito segundo a ótica dos sistemas convencional para, posteriormente, ser apresentada a proposta dos sistemas de produção JIT para reduzi-los. As técnicas de troca rápida de
…exibir mais conteúdo…

Pode-se ter tempos de ciclo curtos com lead times longos, desde que se produza com base em estoques. Ao se acompanhar o fluxo produtivo de um item, pode-se identificar quatro grupos distintos de tempos que compõem o lead time desse item, conforme esquematizado na Figura 5.1: o tempo de espera, o tempo de processamento, o tempo de inspeção e o tempo de transporte. O tempo de espera para o processamento do item compreende o somatório dos tempos consumidos com a programação da produção, com a espera na fila do recurso e com a espera para completar o lote. O tempo de processamento é o tempo gasto com a transformação da matéria-prima em produto acabado (é o único que agrega valor). O tempo de inspeção é o tempo despendido para verificar se o item produzido está de acordo com as especificações exigidas. O tempo de transporte é o tempo empregado para movimentar o item, segundo seu roteiro de fabricação, entre os recursos produtivos.

Lead Time Produtivo
Esperas Processamento Inspeção
Espera na Fila

Transporte

Programação da Produção

Espera no Lote

Figura 5.1 Composição do lead time produtivo. Para se reduzir os lead times produtivos deve-se melhorar a performance do sistema quanto aos tempos de espera, processamento, inspeção e transporte simultaneamente. Nos sistemas convencionais, fica a cargo da

Relacionados

  • Técnicas avançadas de gestão da produção
    11416 palavras | 46 páginas
  • Lead time
    330 palavras | 2 páginas
  • Administração da produção e materiais
    11112 palavras | 45 páginas
  • MRP conceitos e aplicabilidade
    1245 palavras | 5 páginas
  • Wcm – world class manufacturing
    2268 palavras | 10 páginas
  • Gerenciando incertezas no planejamento logístico: o papel do estoque de segurança
    3330 palavras | 14 páginas
  • Política para a definição de famílias de produtos
    841 palavras | 4 páginas
  • Logística de manufatura
    8729 palavras | 35 páginas
  • Qualidade
    1759 palavras | 8 páginas
  • Mizusumashi
    1429 palavras | 6 páginas