Reflexo inato

1351 palavras 6 páginas
Reflexos inatos
O estudo do reflexo inato é relevante para a Psicologia, pois o mesmo está presente está presente em todos os organismos, inclusive o humano, preparando-os para reagir a certos aspectos do mundo. Ele é uma forma básica de interação entre os organismos e o mundo e está diretamente relacionado a questões de sobrevivência do mesmo.
Compreender o comportamento dos organismos complexos é compreender o que as espécies “aprenderam” durante sua história evolutiva e como esta aprendizagem se relaciona ao que os indivíduos aprendem ao longo da sua vida.
O estudo dos reflexos inatos é importante para a Psicologia, pois são objetos da mesma já que ela estuda comportamentos, além disso, são importantes para a aprendizagem de outros comportamentos que os organismos adquirem ao longo de suas vidas.
Um comportamento reflexo inato ou simplesmente um reflexo inato é uma “relação entre um estímulo e uma resposta que não depende de condicionamento prévio. Um reflexo é a produção fidedigna de uma resposta por um estímulo [...] O estímulo elicia a resposta [...] a eliciação da resposta pelo estímulo, não a resposta sozinha nem o estímulo sozinho define o reflexo”. (CATANIA, 1999)
Um estimulo é uma mudança no ambiente e uma resposta é uma mudança organismo. O reflexo no diagrama é representado da seguinte forma: S→R (estímulo elicia resposta).
Exemplos de comportamentos reflexos são: salivação eliciada pelo cheiro de comida, um salto do joelho eliciado por uma batida de

Relacionados

  • Resposta reflexo
    1301 palavras | 6 páginas
  • Reflexo acústico
    960 palavras | 4 páginas
  • Sistema imune inato e adaptativo
    1710 palavras | 7 páginas
  • Reflexos no homem
    2455 palavras | 10 páginas
  • Reflexos-fisiologia
    2252 palavras | 10 páginas
  • Reflexos
    1105 palavras | 5 páginas
  • Reflexos autonomos
    939 palavras | 4 páginas
  • Reflexos
    851 palavras | 4 páginas
  • Resumo: reflexo aprendido
    1646 palavras | 7 páginas
  • Reflexos primitivos
    1566 palavras | 7 páginas