Refugiados

2628 palavras 11 páginas
Introdução

Desde que existem as guerras, as perseguições, desde que reina a discriminação e a intolerância, há refugiados.
Eles são de todas as raças, de todas as religiões e podemos encontrá-los em todas as regiões do mundo. Obrigados a fugir porque receiam pela sua vida e pela sua liberdade, os refugiados abandonam muitas vezes tudo o que têm: casa, bens, família e o país, rumo a um futuro incerto em terra estrangeira. Com este trabalho iremos proporcionar uma visão mais alargada acerca deste grupo de pessoas: quem são, principais dificuldades, todo o processo pelo qual são obrigados a passar, tendo como base o CPR (centro Português para refugiados) da Bobadela.
Uma vez que o analfabetismo relativamente ao conhecimento dos mesmos é bastante vincado, o nosso principal objectivo é relatar, descrever e dar a conhecer a vida dos refugiados, de maneira a tornar este, um assunto mais divulgado e com uma maior compreensão e solidariedade por parte da restante população, afastando todos os sentimentos de racismo ou xenofobia.

Quem pode ser considerado refugiado

Um refugiado é definido como sendo uma pessoa que teve de abandonar o seu país devido a um receio fundado de perseguição em virtude da sua raça, religião, nacionalidade, opinião política ou pertença a um determinado grupo social, não podendo ou não querendo regressar. Quando chegam ao país de asilo estes são submetidos a uma série de inquéritos e pesquisas no sentido de se verificar se são realmente

Relacionados

  • Gestão e empreendedorismo
    1207 palavras | 5 páginas
  • As migraçoes em Africa
    5980 palavras | 24 páginas
  • Limitações ao processo extradicional
    1849 palavras | 8 páginas
  • questionario
    975 palavras | 4 páginas
  • TCC Refugiados ambientais
    12625 palavras | 51 páginas
  • Atualidades do Líbano
    4980 palavras | 20 páginas
  • MIGRAÇÃO: A QUESTÃO DOS REFUGIADOS E A PROTEÇÃO DO DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO
    6219 palavras | 25 páginas