Relação de Karl Marx com o capitulo do 'O mundo de Sofia'

1004 palavras 4 páginas
O autor Jostein Gaarder conta um breve encontro entre um comerciante ganancioso e Sofia na floresta, e uma jovenzinha vendedora de fósforos. Neste trecho o autor narra uma conversa entre os três, onde o homem claramente expressa seu desprezo pela menininha e egoísmo em relação a sua condição financeira. Marx explica esse comportamento como “capitalista” (divisão social, pobre, rico, classe média) onde o homem enriqueceu através do trabalho (exploração) de terceiros, operários de sua empresa. Onde pagava um salário e oferecia condições desumanas a estes, e superfaturava com seus lucros. A maioria desses trabalhadores aceitavam essas condições para receber seus míseros salários ao fim do mês. Isso era um fato que Marx não aceitava, pois para ele isto era injusto, de fato, mas para Scrooge (capitalista) está divisão era justa, já que só existe justiça para os iguais. Marx explicava esse enriquecimento á custas dos outros como mais-valia, quando o patrão se beneficia de uma certa quantia produzida pelo trabalhador, por exemplo mesmo subtraindo os salários pagos e outros custos de produção pelo valor arrecadado da mercadoria, ainda sim sobra, Marx defendia que esse lucro deveria ser dividido igualmente, pois o trabalhador produzia e não ganhava o suficiente para poder comprar aquilo que ele mesmo produziu e acreditava que seu salário estava correto e não era do alcance dele aquele produto, Marx chamou está ideia formada de alienação. Marx foi odiado por todos os

Relacionados

  • O que é marxismo
    12818 palavras | 52 páginas
  • Pratica discursiva e linguagem
    13025 palavras | 53 páginas