Resenha Crítica do Filme Estamos Todos Bem

940 palavras 4 páginas
Resenha Crítica do Filme Estamos Todos Bem
1 FICHA TÉCNICA
Diretor: Kirk Jones
Elenco: Robert De Niro, Drew Barrymore, Kate Beckinsale, Sam Rockwell, Katherine Moennig, Melissa Leo, Lucian Maisel
Produção: Vittorio Cecchi Gori, Ted Field, Glynis Murray, Gianni Nunnari
Roteiro: Massimo De Rita
Trilha Sonora: Dario Marianelli
Duração: 110 min.
Ano: 2009
País: EUA/ Itália
Gênero: Comédia
Cor: Colorido
Distribuidora: Disney
Estúdio: Cecchi Gori Pictures

2 RESUMO DO FILME Frank Goode (Robert De Niro) sempre trabalhou em uma fábrica de cabos telefônicos, dedicando sua vida a sustentar a família. Aposentado e viúvo há oito meses, ele aguarda a vinda dos quatro filhos - David (Austin Lysy), Robert (Sam Rockwell), Rosie
…exibir mais conteúdo…
E, devido a sua saúde fragilizada acaba tendo um ataque cardíaco que culmina com sua hospitalização.
No hospital ele é visitado pelos filhos que, então, se sentem autorizados a finalmente contar a verdadeira história sobre suas vidas e sobre a morte do irmão que estava desaparecido.
O filme termina com o tão sonhado almoço, já com tudo revelado e acertado. Claro, que as história verdadeiras dos filhos não eram exatamente como o pai queria, mas era a que eles tinham. Ele pode entender e aceitar. Olhando para o céu como se falasse com sua esposa disse: “Estamos todos Bem”.

3 REFLEXÃO CRÍTICA SOBRE OBRA

Alguns dos aspectos que pode-se investigar na abordam sistêmica em relação a eventos traumáticos, neste caso específico, o luto pela morte da mãe, são os seguintes aspectos:
O estilo de funcionamento desta família, que aparecerá em como a família enfrenta o luto, como procura resgatar algum controle e a forma de comunicação desta família.
No primeiro aspecto numa tendência a expressar menos o pesar, um estilo instrumental. Isto pode ser visto na forma como resolvem este luto: a sensação que dá é que tudo continua igual. Cada um em sua casa, na sua cidade, mantendo um contato com o pai da mesma forma que era feito antes, ou seja, mantendo as omissões pré-existentes.
Em relação ao segundo aspecto, podemos pensar em um sistema familiar fechado, pois a comunicação entre os membros da família (ligação entre pai e filhos) era feita por intermédio

Relacionados

  • Resenha critica amor por contrato
    906 palavras | 4 páginas
  • Resenha critica - Filme A onda
    842 palavras | 4 páginas
  • Resenha crítica enron
    1361 palavras | 6 páginas
  • Trabalho de conclusão da disciplina - resenha crítica - sociologia aplicada
    926 palavras | 4 páginas
  • Resenha critica filme salve geral
    1669 palavras | 7 páginas
  • A procura da felicidade resenha
    2214 palavras | 9 páginas
  • Resenha critica sobre o filme avatar
    871 palavras | 4 páginas
  • L Ngua Portuguesa Com Atividades E Gabarito
    4761 palavras | 20 páginas
  • Trabalho de psicologia e subjetividade em relação ao filme " o palhaço"
    2246 palavras | 10 páginas
  • Resenha Crítica do Filme Koyaanisqatsi
    1737 palavras | 7 páginas