Resenha Critica sobre as Ações Sociais e as Relações Sociais de Durkheim

2383 palavras 10 páginas
Matheus Ferri

Resenha Crítica sobre a Ação Social e a Relação Social de Max Weber

Jataí
2014

Maximilian Karl Emil Weber (Erfurt, 21 de Abril de 1864 — Munique, 14 de Junho de 1920) foi um jurista, intelectual economista alemão e considerado também um dos fundadores da Sociologia moderna, junto com Émile Durkheim e Karl Marx. Weber desenvolveu estudos de filosofia, história, direito constantemente interrompidos por problemas de saúde, apesar de ter desenvolvido um intenso material. Iniciou a carreira de professor em Berlim, e em 1895, foi catedrático na prestigiada Universidade de Heildeberg. Uma das suas obras mais importantes foram Economia e sociedade e A ética protestante e o espírito do capitalismo.

Ação Social
Uma das obras tratadas neste trabalho por nós é a Ação Social que Weber a caracterizou como uma relação entre indivíduos qualquer, a ação deve ser orientada ao outro, mas possuímos algumas atitudes coletivas que não podem ser consideradas sociais, mas basta haver qualquer relação entre indivíduos que a ação social é concretizada. Para Weber esse é o sentido de estudo dos sociólogos, estudar essas ações sociais e encontrar através de nexos casuais o que as fomentam. Weber difere-se de Durkheim (qual seu método de estudo é a comparação entre sociedades, ausentando-se de qualquer ponto de vista sobre preceitos de tradição e preceitos morais, observando a sociedade e as comparando com uma posição neutra) No entanto Weber considerava o

Relacionados

  • Resenha "coisas ditas" de pierre bourdieu
    485 palavras | 2 páginas
  • Resenha da obra “Quatro Tradições Sociológicas”
    3679 palavras | 15 páginas
  • Sociologia da educação
    3045 palavras | 13 páginas
  • Resenha do livro as consequências da modernidade, de anthony giddens
    5601 palavras | 23 páginas
  • Política social: fundamentos e história
    2855 palavras | 12 páginas
  • A CRIMINOLOGIA NO SÉCULO XXI
    14278 palavras | 58 páginas
  • Resenha do Livro Sociologia da Educação de Nelson Piletti
    3128 palavras | 13 páginas
  • Cultura, linguagem e representação social
    7481 palavras | 30 páginas
  • Burguesia e povo: entre ideologias pedagógicas e conflitos educativos.
    14901 palavras | 60 páginas
  • O campo científico - pierre bourdieu
    13887 palavras | 56 páginas