Resenha Entendes o Que lês

2887 palavras 12 páginas
Entendes o que lês?

Por

Tarcisio Amorim Paes de Figueiredo

Resenha Apresentada em Cumprimento às
Exigências da Disciplina Hermenêutica do Curso Bacharel em Teologia Prof. Pr. Antônio Cláudio.

SEMINÁRIO TEOLÓGICO BATISTA FLUMINENSE CAMPUS AVANÇADO MACAÉ
2004.

Entendes o que lês?

Gordon D. Fee & Douglas Stuart,
Entendes o que lês?; Um Guia para Entender a Bíblia com o Auxílio da Exegese e da Hermenêutica.
Apêndice de Ênio R. Mueller sobre o Método Histórico-Crítico.
2 ed. Trad. Gordon Chown. São Paulo: Ed. Vida Nova, 1997. 330 p.

Gordon D. Fee e Douglas Stuart são professores de seminário que tem como intenção diminuir o abismo que existe entre o estudioso da Bíblia e o leigo. Enquanto o estudioso se preocupa com o que a Bíblia significava o leigo se preocupa com o que a mesma signifca. Eles ressaltam a importância dos dois lados e o estudioso crente tem que valorizar ambos. Baseado em que a Palavra de Deus para nós hoje é primeiramente aquilo que Sua Palavra era para eles, dividiram o estudo em primeiramente descobrir o que o texto significava originalmente, chamando esta tareja de exegese e em segundo lugar, contextualizar para os nossos dias, chamando esta tarefa de hermenêutica. Evitando regras, mas sim oferecendo orientações, sugestões e ajudas.
Os autores começam argumentando sobre a necessidade de fazer a interpretação da
Bíblia deixando bem claro que todos poder interpretar a mesma e que muitos pastores, estudiosos e professores

Relacionados

  • RESENHA CRÍTICA DO LIVRO “ENTENDES O QUE LÊS”, DE GORDON D. FEE E DOUGLAS STUART
    559 palavras | 3 páginas
  • Resenhas
    2080 palavras | 9 páginas
  • Resenha do filme Os Miseráveis
    2164 palavras | 9 páginas
  • RESENHA CRÍTICA: AS REGRAS DO MÉTODO SOCIÓLOGICO, ÉMILIE DURKHEIM
    1276 palavras | 6 páginas
  • Resenha dos texos “a importância da leitura na sociedade contemporânea e o papel da escola nesse contexto” e “o prazer de ler: sobre leitura e burrice”
    853 palavras | 4 páginas
  • ALONSO, Angela. Crítica e Mobilização. Idéias em Movimento
    2128 palavras | 9 páginas
  • PARA UMA REVISÃO DO CONCEITO DE “DEGRADAÇÃO DO TRABALHO”: RESENHA DE “TRABALHO E CAPITAL MONOPOLISTA” DE HARRY BRAVERMAN
    3695 palavras | 15 páginas