Resenha FALCON, Francisco José Calazans. Iluminismo

2550 palavras 11 páginas
FALCON, Francisco José Calazans. Iluminismo. Editora Ática. São Paulo. 1994.
Francisco José Calazans Falcon Possui graduação em História e Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1955). Foi professor da UFRJ, UFF e PUC-RJ. Atualmente é professor do Programa de Pós-graduação em História do Brasil da Universidade Salgado de Oliveira. É especialista em História Moderna e Contemporânea com ênfase no Mercantilismo e na Ilustração portuguesa destacando-se no período Pombalino. Desenvolve pesquisa nos seguintes temas: Historiografia brasileira, História da historiografia, História moderna e contemporânea, Historia cultural e História política.
Nessa obra o autor tenta compreender a Iluminismo como culminação de um processo ou
…exibir mais conteúdo…
Falcon destaca também que para Venture o período do apogeu do Iluminismo se concentra entre 1740 e meados dos anos 70 por englobar a publicação da Enciclopédia e todo seu impacto sobre a Europa, e as reações violentas dos que a condenavam. Em 1760, o movimento das Luzes rompeu as fronteiras da Europa para além da França, com exceção da Inglaterra havia movimentos iluministas em todos os demais Estados europeus.
A pergunta que inicia o tópico sobre o espaço geográfico do Iluminismo (Europa ou Europas?), tenta demonstrar o hábito de generalizar a referência de Iluminismo à Europa, que acarreta em pensa-la como uma unidade intelectual e mental. Com base que o Iluminismo se amparou em um movimento de classe média o autor afirma que nem a nobreza, nem o clero teriam tido aptidão para liderar a nova sociedade prestes a nascer, pois seus principais pensadores vinham da classe média. A classe cultural agregava pequenos grupos isolados do povo, a autoconsciência de cidadãos do mundo é, para o autor, uma resposta ao próprio isolamento em meio a uma população que não os compreende.
Essa cultura intelectual, segundo Falcon, pode

Relacionados

  • Resenha, José Carlos Reis, o surgimento da escola dos Annales
    1086 palavras | 5 páginas
  • RESENHA CRITICA - DIREITO CONSTITUCIONAL - JOSÉ AFONSO DA SILVA
    1242 palavras | 6 páginas
  • História do direito - iluminismo
    4412 palavras | 18 páginas
  • Resenha Economia politica uma introdução critica de Jose paulo netto
    853 palavras | 4 páginas
  • Resenha: cidadania no brasil: o longo caminho josé murilo de carvalho
    1699 palavras | 7 páginas
  • Resenha critica da obra senhora de jose de alencar
    924 palavras | 4 páginas
  • Resenha do texto Constituição do Campo da Comunicação de José Luiz Braga.
    716 palavras | 3 páginas