Resenha - História Social do Jazz - Eric Hobsbawn

2271 palavras 10 páginas
Resenha: HOBSBAWN, Eric J. Parte 1, História: Pré História, Expansão e Transformação; Parte 4, Gente: Os músicos, o publico, Jazz como protesto. in História Social do Jazz – Rio de Janeiro : Paz e Terra, 1990 Rodolfo Pascoal Turolla Introdução

Nesta obra, Eric Hobsbawn (tentando usar o pseudonimo Francis Newton, para separar o historiador de seu trabalho jornalistico) nos coloca acerca da história do Jazz. Que fique claro, isso não significa que o trabalho se mostra pura e simples no passo de contar a história, conta também junto com este viés sua importância social enquanto gênero de sincretismo entre as culturas europeias e africanas tanto em tons musicais quanto nos sociais. Esta resenha se detêm a dois capítulos essências do livro, a primeira parte, que vai nos mostrar o surgimento e as transformações do Jazz de uma musica de pequenos conjuntos de negros em Ne w Orleans até se tornar uma língua universal matando a sede cultural do “hipe” europeu. E a quarta parte, que nos coloca a par dos músicos do jazz, de seu publico e de sua conotação politica.*1 Este livro foi originalmente escrito em 1958, motivo pelo qual Hobsbawn, na reimpressão de 1989, faz uma nova nota introdutória, explicando as conjunturas musicas e a influencia das mesmas no mundo e na história do Jazz, além do próprio jazz no mundo de 1989 e do grande estilo musical que surgiu entre 1958 e 1989: o Rock:

“O que fez essa geração de solidão e paradoxal foi a musica

Relacionados

  • Historia social do arcadismo
    2657 palavras | 11 páginas
  • Fichamento do texto... Primavera do Povos de Eric Hobsbawn
    867 palavras | 4 páginas
  • Resenha do livro: História Social da Arte e da literatura – HAUSER, Arnold (Capítulo 1)
    1475 palavras | 6 páginas
  • Resumo do texto de eric hobsbawn.; o sentido do passado
    426 palavras | 2 páginas
  • Resenha do livro de hobsbawn
    2913 palavras | 12 páginas
  • Ecos da marselhesa- eric hobsbawn cap1
    975 palavras | 4 páginas
  • Eric hobsbawm
    3885 palavras | 16 páginas
  • resenha do texto "a invenção das tradições" ,Hobsbawn
    848 palavras | 4 páginas