Resenha LAQUEUR, Inventando o sexo: corpo e gênero dos gregos a Freud - Cap. 5

694 palavras 3 páginas
LAQUEUR, Thomas W. Inventando o sexo: corpo e gênero dos gregos a Freud. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2001, p.189-239 [cap.5].

Ideia central: Desconstruir a ideia de sexo e gênero que temos hoje, mostrando que sexo e gênero são invenções culturais.

O sexo como conhecemos é uma invenção do século XVIII.
Mulher vista como homem imperfeito > mulher vista como algo diferente do homem
Os órgãos e estruturas dos homens e mulheres que antes não eram diferenciados passam a ser de modo a corresponder ao homem e a mulher culturais.
O corpo natural tornou-se padrão para discussão das relações sociais.
Os dois sexos foram inventados como um fundamento para o gênero.
As discussões eram um esforço para definir as características anatômicas e fisiológicas que distinguiam o homem da mulher.
O modelo dos dois sexos não depende dos fatos biológicos, assim como o modelo do sexo único não foi descoberto na Renascença, essas são construções ligadas ao gênero e produtos da cultura.

Explicação dos sexos modernos
1) Epistemológica (natural) História (fato x ficção; ciência x religião; razão x credulidade) Fato físico (Reducionismo, o que importava era o fundamento simples, o fato físico, imóvel: o sexo

A partir do século XVIII, o trabalho de construção cultural antes feito pelo gênero passa a ser justificado pelo sexo. Características fisiológicas como justificativa para a condição social da mulher. (Naturalista)

2) Política (contextual)
Contexto: Sec. XVIII; Lutas

Relacionados

  • Resenha do texto "o ego e o id" de freud
    436 palavras | 2 páginas
  • resenha O TABU DO CORPO Capitulo III
    1237 palavras | 5 páginas
  • Corpo, gênero e sexualidade
    1127 palavras | 5 páginas
  • Resenha - O Id e o Ego (Freud)
    1338 palavras | 6 páginas
  • Resenha Historia da Arte Gombrich cap 4 e 5
    597 palavras | 3 páginas
  • sexo e genero
    6524 palavras | 27 páginas
  • Resenha do Livro "Estudos sobre a Histeria", Freud
    2969 palavras | 12 páginas
  • Resenha Cr´tica Livro Sexo entre a culpa e o prazer
    2817 palavras | 12 páginas
  • Corpo, gênero e sexualidade
    1867 palavras | 8 páginas
  • Resenha do livro o capital - cap 04 e cap 10
    2899 palavras | 12 páginas