Resenha

1688 palavras 7 páginas
Colégio Pedro II – Unidade Escolar São Cristóvão III
Trabalho de História – 1º trimestre
Professor Arthur Caser

Resenha do artigo “As resistências dos povos à partilha do mundo”

Turma 1305
Carollina Casa – 2
Lucas Uchoa – 15
Luis Guilherme – 16
Yago Alves – 32

Ao longo do artigo “As resistências dos povos à partilha do mundo”, vemos que a maioria dos povos nativos das áreas de neocolonização resistiu de forma violenta à pressão exterior. Entre os anos de 1870 até o início do século XX aconteceram diversas revoltas na Ásia, África e na Oceania, todas em resposta ao movimento imperialista dos países europeus com níveis industriais e bélicos avançados. Inglaterra, França,
…exibir mais conteúdo…
Em 1885, a cidade de Cartum foi dominada pelas forças rebeldes após uma batalha contra o exercito do Egito. Alguns anos depois, com crescimento da parte britânica egípcia e com a ameaça francesa na região, a Grã Bretanha decidiu acabar com os mahdistas do Sudão. Após a morte de Muhammad, o califa Abdullah Taaisha (1846-1899) o sucedeu como Mahdi e tentou retomar o Egito sendo totalmente massacrado pelas tropas britânicas.
Em 1885, os italianos embarcaram na costa da Eritréia e conquistaram a cidade de Masawa e passaram a almejar a conquista da Eritréia e da Etiópia. Em 2 de maio de 1889, o rei etíope Menelik II (1844-1913) assinou um tratado com os italianos que estabelecia uma relação de colaboração e reconhecia também a soberania da Itália sobre a Eritréia. Porém, a versão italiana, diferente do aramaico, estabelecia uma relação de dependência. Em 1893, Menelik II, denunciou o acordo. Três anos depois a Itália invadiu a Etiópia. O rei conseguiu o apoio dos outros reis etíopes e tornou-se Imperador e conseguiu reunir 196 mil soldados, metade armados contra aproximadamente 20 mil soldados italianos. Após essa batalha, os etíopes barraram a ocupação italiana na Etiópia. O autor também exemplifica as ações de resistência na Ásia e Oceania. Diferente dos embates africanos boa parte dos movimentos de resistência envolveram a questão do confronto da

Relacionados

  • RESENHA
    2955 palavras | 12 páginas
  • RESENHA
    856 palavras | 4 páginas
  • Resenha
    895 palavras | 4 páginas
  • Resenha
    1087 palavras | 5 páginas
  • resenha
    820 palavras | 4 páginas
  • Resenhas
    2080 palavras | 9 páginas
  • resenha
    1862 palavras | 8 páginas
  • resenha
    1307 palavras | 6 páginas
  • resenha
    3410 palavras | 14 páginas