Resenha Substituição de Importações - Maria Conceição Tavares

1434 palavras 6 páginas
RESENHA - Maria da Conceição Tavares
O Processo de Substituição de Importações como Modelo de Desenvolvimento na América Latina.

Segundo Maria da Conceição Tavares o modelo tradicional de desenvolvimento das economias latino americanas é voltado “para fora”. Trata-se de economias primário exportadoras baseadas em duas variáveis básicas: a exógena sendo a exportação, que é responsável pela geração de grande parte da Renda Nacional e pelo crescimento da mesma, e a endógena que são as importações que são fonte dos vários bens necessário para atender a demanda interna.
De acordo com a autora as exportações tem papel diferenciado nas economias centrais e nas periféricas. Nas economias centrais, embora as exportações fossem de grande importância para a Renda Nacional, a responsabilidade pelo crescimento da economia não era um peso que deveria carregar sozinha. Ao contrario, na América latina, as exportações eram praticamente a única responsável pelo crescimento da economia, o setor exportador era o eixo central da economia e normalmente essa exportação assentava-se em apenas um ou dois produtos primários.
A atividade industrial era bastante reduzida nos países da América latina, reduzindo-se a indústrias tradicionais, de baixo nível de produtividade, que surgiram no bojo do próprio modelo exportador e mesmo junto com a produção agrícola era insuficiente para dar dinamismo a economia. Assim percebe-se um caráter altamente dependente de nossas economias que estavam

Relacionados