Resenha critica do livro repensando a organização

1716 palavras 7 páginas
Uma visão histórica da teoria da organização

A compreensão da organização está envolvida numa gama de teorias, o papel dos teóricos fundadores Taylor e Fayol, as transformações sucessivas que ampliaram a complexidade da teoria, a multiplicidade simultânea da situação atual e, por fim, o papel da Psicanálise e da Psicossociologia como marcos de uma nova perspectiva de entendimento do fenômeno organizacional.
As concepções mecanicistas, relações humanas, burocráticas, sociotécnicas e sociopolítica, contribuem para compreensão do fenômeno organizacional contemporâneo.
A participação da psicanálise nesta compreensão trouxe às organizações um olhar aos processos inconscientes, para a vida pulsional e para a força dos desejos. A psicossociologia veio somar com a contribuição da psicanálise, permitindo uma nova construção sobre os vínculos organizacionais e, especialmente, sobre o desenvolvimento das relações de poder, trazendo uma abordagem inovadora à teoria das organizações.

A psicanálise

Para a psicanálise o sujeito passa por cinco tempos básicos, fazendo um link com a organização, temos: * Nascimento – quando alguém entra numa empresa, tem um lugar que lhe é destinado e uma função que o nomeia. Por isso que existe a integração para que o funcionário seja integrado à corporação da forma que a empresa deseja. * Indiferenciação – existem situações em que o funcionário encontra dificuldade para resolver determinado problema e precisa dos gestores para

Relacionados

  • Artigo Docencia Administra O
    8745 palavras | 35 páginas
  • Conceitos de e-service
    18104 palavras | 73 páginas
  • Tcc gestão em saúde e meio ambiente
    16729 palavras | 67 páginas
  • A participação da família no contexto escolar
    17794 palavras | 72 páginas