Resenha critica lixo extraordinario

802 palavras 4 páginas
Filme: Lixo extraordinário

O filme lixo extraordinário começa no Programa do Jô com o apresentador Jô apresentando ao seu publico e aos telespctadores, o artista plástico Vik Muniz, sobre o trabalho que o mesmo realizou no Brasil, ele que deveria ser o ator principal do filme acabou perdendo seu brilho, o artista acabou concedendo um documentário digno de se ver, pensar e ate mesmo se emocionar. O Documentário mostra na verdade o campo de ideias que o artista define seu mais novo trabalho passar a realidade dos catadores de reciclagem do lixão que o mesmo fica localizado no Jardim Gramacho no Rio de Janeiro, uma parte muito carente dessa “cidade maravilhosa”, o filme será voltado totalmente a essas pessoas que sobrevivem
…exibir mais conteúdo…
e com material retirado do lixo, as suas próprias imagens ampliadas no chão e, logo em seguida, fotografadas de cima.É visivel a emoção daquelas pessoas humildes ao verem o resultado de seus esforços e perceberem que são capazes de produzir uma arte, é hora de vermos certos conceitos sobre a cultura e o que a exclusão social pode ocasionar em uma pessoa, as vezes acontecendo o mesmo o que aconteceu com essas pessoas humildes que nem elas mesmas sabiam do proprio talento que cada uma dela tem,

Relacionados

  • Resenha Crítica
    640 palavras | 3 páginas
  • redação lixo extraordinario
    430 palavras | 2 páginas
  • Resenha critica
    1073 palavras | 5 páginas
  • Resenha crítica do filme lixo extraordinário
    548 palavras | 3 páginas
  • Resenha Crítica
    1458 palavras | 6 páginas
  • Resenha Crítica
    988 palavras | 5 páginas
  • Lixo extraordinário e antropologia juridica
    3296 palavras | 14 páginas
  • resenha critica
    938 palavras | 4 páginas
  • Resenha critica
    936 palavras | 4 páginas