Resenha de "crepúsculo dos ídolos" de f. nietzsche ("a razão da filosofia, como o “mundo verdadeiro” acabou por se tornar fábula, os quatro grandes erros)

2195 palavras 9 páginas
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL CICLO BÁSICO

Comunicação e Filosofia
Resenha de “O crepúsculo dos Ídolos” de Friedrich Nietzsche

Aluno: Eduardo Tavares
Professor: Márcio Tavares

A “Razão” na Filosofia

Nietzsche inicia “A ‘razão’ na filosofia” comentando o fato de que toda a filosofia, nos últimos milênios, vem se apoiando em, como ele diz, “múmias conceituais”; teorias antigas que vem sendo utilizadas como “alicerce” para os filósofos ao longo do tempo. Segundo ele, toda a filosofia de alguma forma sempre acreditou na existência do Ser, apesar de não serem capazes de se apoderar deste, fazendo, então, que fosse preciso atribuir a
…exibir mais conteúdo…
Na terceira proposição ele diz que não há sentido algum em criar um mundo “diverso” desse a menos que não deixemos que um sentido de calúnia, de rebaixamento ou suspeita alguma de outra vida, uma vida “melhor” tenha influencia sobre nós. A quarta e última proposição nos prega que separar o mundo “verdadeiro” do mundo “aparente” ,seja de modo cristão ou kantiano, é somente uma sugestão da décandence. Em suma, a aparência significa a realidade, porém seleta, intensificada e corrigida.

Como o “Mundo Verdadeiro” acabou por se tornar Fábula

Esse capítulo é composto por fragmentos dos pensamentos de Nietzsche. Frases que expressam o sentido e que contêm um fluxo de raciocínio que nos remete a idéia do fim dos conceitos tanto do “mundo verdadeiro” quanto do mundo “aparente”.

1. O mundo verdadeiro, alcançável ao sábio, ao devoto, ao virtuoso. Eles vivem nesse mundo. Eles são esse mundo 2. O mundo verdadeiro é por hora inatingível, mas é prometido ao sábio, ao devoto, ao virtuoso. À aquele pecador que cumpriu sua pena. 3. O mundo verdadeiro, sem pensado como um consolo, um compromisso, ele se torna inatingível, indemonstrável, e não passivo de ser prometido. 4. O mundo verdadeiro é inatingível? De qualquer forma ainda não foi. E enquanto não for será também desconhecido. Logo

Relacionados

  • A filosofia desenvolvida por friedrich nietzsche
    11574 palavras | 47 páginas
  • A ética de friedrich nietzsche
    7043 palavras | 29 páginas
  • Resenha crepúsculo do ídolos
    939 palavras | 4 páginas
  • Resenha do livro: superdicas para se tornar um verdadeiro líder
    923 palavras | 4 páginas
  • Crepúsculo dos ídolos
    1356 palavras | 6 páginas
  • Resumo do livro: como se tornar um educador de sucesso
    6954 palavras | 28 páginas
  • Fichamento do livro - o crepúsculo dos ídolos ou a filosofia a golpes de martelo
    3374 palavras | 14 páginas
  • Resumo crepúsculo dos ídolos
    1995 palavras | 9 páginas
  • Resumo do livro do crepúsculo dos ídolos ou a filosofia a golpes de martelo
    867 palavras | 4 páginas