Resenha de educação e mudança de paulo freire

1428 palavras 6 páginas
RESENHA DO LIVRO EDUCAÇÃO E MUDANÇA - PAULO FREIRE

FREIRE, Paulo. Educação e Mudança. 12ª Edição. Paz e Terra. Rio de Janeiro, 1979.

Paulo Reglus Neves Freire nasceu em Recife no dia 19 de setembro de 1921, tendo morrido aos 75 anos em São Paulo, no dia 2 de maio de 1997, foi um grande educador e filósofo brasileiro. Destacou-se por seu trabalho na área da educação popular, voltada para a escolarização aliada à formação da consciência humana. É considerado um dos pensadores mais notáveis na história da pedagogia mundial, suas idéias humanísticas consideram a educação a mais poderosa arma contra a alienação e contra a opressão e pressuposto primeiro para a efetivação da liberdade humana.
"Educação e Mudanças", uma das várias obras
…exibir mais conteúdo…
Ligação, essa a qual se faz necessária o intermédio do amor e da esperança, pois o entendimento é uma condição para a educação e o amor uma condição para o entendimento, já a esperança parte desde o início da busca, pois quando há uma procura, há ao mesmo tempo uma espera do encontro daquilo que é procurado.
Freire afirma ser o homem um ser de relações. E ainda, afirma a sua necessidade da estimulação da consciência reflexiva no educando para que este reflita sobre sua própria realidade, conseguindo assim que as relações deste sejam reflexivas, conseqüentes, transcendentes e temporais. Reflexiva à medida que busca contemplar sua realidade, transcendente por na sua reflexão conseguir projetar um futuro de acordo com seus desejos, tornando assim sua relação também conseqüente, e temporal por agir, perceber-se e fazer-se em seu tempo um ser social e histórico.
A concepção freiriana apresenta neste capítulo, a respeito da "consciência bancária" da educação, a visão do professor como aquele, cujo mesmo ver-se detentor do conhecimento e o educando como um ser "oco", um depósito de conhecimento. E nos mostra os estados da consciência como sendo a: intransitiva ? quase compromisso com a realidade; mágica ? superstições; transitiva ? efetivação da mudança de consciência; crítica ? efetivação do compromisso; fanática ? escravidão às idéias e técnicas importadas; ingênua ?

Relacionados

  • Resenha do livro pedagogia da indignação de paulo freire
    2026 palavras | 9 páginas
  • Avaliação e a pedagogia de Paulo Freire
    5194 palavras | 21 páginas
  • A concepção de sujeito em paulo freire
    15662 palavras | 63 páginas
  • Resumo do livro: Política e Educação - Paulo Freire
    467 palavras | 2 páginas
  • Analise do conceito PRAXIS de Paulo Freire e Demerval saviani
    1748 palavras | 7 páginas
  • Fichamento: cultura, poder e transformação na obra de paulo freire: rumo a uma política de educação.
    896 palavras | 4 páginas
  • Educação libertadora de paulo freire
    2678 palavras | 11 páginas
  • Carta de Paulo Freire aos Professores Paulo Freire
    1239 palavras | 5 páginas