Resenha de joão maurício adeodato, "bases para uma metodologia da pesquisa em direito"

967 palavras 4 páginas
Em Bases para uma metodologia da pesquisa em direito, o professor Dr. João Maurício Adeodato expõe seu ponto de vista acerca da pesquisa jurídica no Brasil e, ao final, informa os passos primordiais para o desenvolvimento de uma boa pesquisa científica. Percebe-se sua experiência panorâmica e empírica, agregada após anos de pesquisa, e sua tentativa em incentivar uma cultura de jurídicometodológica.
Adeodato inicia o artigo através de uma exortação à pesquisa jurídica e alerta para as profundas transformações sociais e suas implicações no ensino jurídico. Para o autor, “embora o debate sobre metodologia da pesquisa no Brasil venha se avantajando, o direito tem sido sistematicamente esquecido” (p.1). A pesquisa jurídica, em geral, é
…exibir mais conteúdo…
Informa que o tema escolhido não precisa ser original, apenas a abordagem do pesquisador, e essa é uma virtude natural de qualquer texto. Assim, no ato da delimitação devem-se utilizar as estratégias de delimitar por assunto, pelo raio temporal e pelas referências expressas acerca dos aspectos específicos do direito positivo, além de mesclar os critérios apontados. Por fim, destaca que na elaboração do tema nunca se deve separar a teoria da práxis.
Na parte da “Organização da Pesquisa”, Adeodato explicita os aspectos formais do trabalho científico, deixando claro que tudo passa pelo bom senso do autor pesquisador. O projeto de pesquisa é uma proposta, ou seja, caminhos de orientação a ser seguidos. Portanto, pressupõe o trabalho de pesquisa um “estudo mais ambicioso, de forma sistemática e com pretensões de racionalidade e aplicação generalizada” (p.4) como requisitos básicos para a expressão de sua cientificidade.
A pesquisa científica pode utilizar vários caminhos ou métodos e o autor expõe os mais utilizados na investigação jurídica: bibliográfico e empírico. Destarte, a pesquisa bibliográfica é “desenvolvida a partir de material já elaborado, constituído principalmente de livros e artigos científicos” (p.4). Já na pesquisa empírica “o pesquisador vai mais diretamente aos eventos e fatos, sem intermediação de outro observador, investigando as variáveis de seu objeto e tentando

Relacionados

  • Uma metodologia pragmática para avaliação de desempenho e planejamento da capacidade em redes de computadores
    825 palavras | 4 páginas
  • Resenha: a importância da disciplina de metodologia da pesquisa científica na universidade
    830 palavras | 4 páginas
  • Resumo metodologia da pesquisa em saúde bucal
    5049 palavras | 21 páginas
  • Plano de aula de metodologia da pesquisa
    886 palavras | 4 páginas
  • Resenha : as três metodologias: acadêmica, da ciência e da pesquisa
    1058 palavras | 5 páginas
  • Manual de metodologia da pesquisa no direito - resenha (p. 03 - 101)
    5249 palavras | 21 páginas
  • Metodologia da pesquisa em gastronomia
    5964 palavras | 24 páginas
  • Resenha do livro "para gostar do direito" - joao baptista herkenhoff
    1670 palavras | 7 páginas