Resenha do capítulo v da obra casa grande & senzala - gilberto freire

3056 palavras 13 páginas
Gilberto Freyre inicia o capítulo V descrevendo um aspecto peculiar e concomitantemente impressionante de nossa sociedade no século XIX. “Seus trajos, os de homens feitos. Seus ócios, os de homens. Sua preocupação, sifilizarem-se o breve possível”. Este era o perfil dos meninos da época, o qual chocou todos os viajantes que aqui aportaram, haja vista que, na Europa e América do Norte, o mesmo era completamente diferente, pois as crianças portavam-se como tal. E foi neste Brasil quase sem meninos que muitos estudiosos estiveram observando os costumes do povo brasileiro, notando assim a falta de alegria daqueles que de repente viram-se privados de sua infância e tornando-se jovens apáticos, diferentemente dos moleques das senzalas. Os colégios jesuítas, seminários e os colégios de padres nos primeiros dois séculos de colonização, foram os principais focos da irradiação de cultura e de formação intelectual no Brasil, a qual era iniciada desde muito cedo. Aprender a ler e escrever com vigários, párocos, frades, era algo terrível e abominante. Muitos deles eram carrascos e possuíam formas bruscas de repressão aos alunos, por outro lado, os professores negros eram flexíveis e dotados de arte, faziam parte de corais de capela, eram palhaços e participavam de atrações nos circos e bumbas meu boi nos engenhos. Frutuoso Pinto da Silva relata no ensaio de 1864, os problemas gerados por comportamentos de devassos de religiosos, são relatados de forma descritiva: perversidades,

Relacionados

  • Casa grande e senzala capitulo iii: o colonizador português: antecedentes e predisposições
    1307 palavras | 6 páginas
  • Resenha do capítulo do livro-casa-grande e senzala
    1627 palavras | 7 páginas
  • Araújo, ricardo benzaquen de. guerra e paz – casa grande & senzala e a obra de gilberto freire nos anos 30. ed. 34.pp 7-199
    1200 palavras | 5 páginas
  • Resenha casa grande e senzala
    1534 palavras | 7 páginas
  • Casa Grande e Senzala, Fichamento capítulo IV
    4328 palavras | 18 páginas
  • Resumo capitulo - o significadfo de gilberto freyre em casa grande & senzala
    2802 palavras | 12 páginas
  • Resumo de casa grande e senzala
    2598 palavras | 11 páginas
  • Casa grande & senzala
    1966 palavras | 8 páginas
  • Fichamento casa grande & senzala
    1612 palavras | 7 páginas
  • Fichamento do livro - casa grande & senzala
    3762 palavras | 16 páginas