Resenha do livro "As políticas públicas e a desigualdade racial no Brasil"

2571 palavras 11 páginas
UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E TECNOLOGIAS - DCHT COLEGIADO DE PEDGOGIA
CAMPUS XVI – IRECÊ

Tailane Pinheiro de Oliveira

THEODORO, Mario (org.), Luciana Jaccoud, Rafael Osório, Sergei Soares. As políticas públicas e a desigualdade racial no Brasil: 120 anos após a abolição. Brasília: Ipea, 2008.

Licenciando em Pedagogia- 2° semestre
O Ipea –Fundação pública vinculada à Secretaria de Assuntos Estratégicos, há alguns anos faz o estudo das questões ligadas às desigualdades raciais. No Brasil o debate sobre esse tema tem ganhado grande relevo. As décadas de 1980 e 1990 foram marcadas por um contexto onde o debate era mobilizado pela questão da existência ou não da discriminação racial no país
O primeiro capítulo tem o objetivo de discutir a formação do mercado de trabalho no Brasil, tomando como referência a questão racial. Partindo de uma análise histórica, cuja demarcação privilegia os desdobramentos ocorridos no século XIX, intenta-se apresentar argumentos que recoloquem a questão racial como elemento central na formatação atual do mercado de trabalho brasileiro. O século XIX foi responsável por significativas transformações políticas e econômicas, até então jamais vivenciadas pelo Brasil. O Brasil, já em 1808, passa de colônia a reino integrado ao Reino Unido de Portugal e Algarves. Na segunda metade do século XIX, dois constrangimentos

Relacionados

  • Resenha - punir os pobres
    3481 palavras | 14 páginas
  • Pobreza, desigualdade e exclusão social
    8761 palavras | 36 páginas
  • Resumo do livro: A cultura do novo capitalismo
    9712 palavras | 39 páginas
  • Eja educação de jovens e adultos um breve historico
    12853 palavras | 52 páginas
  • Prova barro branco
    13303 palavras | 54 páginas