Resenha do livro as 48 leis do poder

2693 palavras 11 páginas
FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DE BELO HORIZONTE CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: GESTÃO LOGÍSTICA PROFESSOR: ROBSON 05 ABR. 2013 Elisiane Ribeiro Sales

RESENHA: AS 48 LEIS DO PODER PARA NEGOCIAÇÃO

GREENE, Robert. As 48 Leis do Poder: edição concisa. Rio de Janeiro: Rocco, 2007. 268p.

O livro as 48 Leis do Poder trás um conjunto de ideias, baseando-se nos escritos de pessoas que estudaram e dominaram o jogo do poder. Podem-se considerar estas leis como um tipo de manual dos artifícios da dissimulação, sugerindo uma essência de poder que ainda tem de ser plenamente formulada. As 48 leis do poder são uma forma mais simples de disseminar esta sabedoria acumulada, reunida nos escritos dos estrategistas, estadistas, cortesãos, sedutores, e charlatões da história.

Desde o início do livro o intuito é demonstrar que é possível conseguir persuadir as pessoas sem que elas percebam o que está fazendo e utilizar estratégias que disfarçam com habilidade a natureza manipuladora. Para aprender o jogo do poder é preciso ver o mundo de uma determinada maneira, mudar de perspectiva. É preciso esforço e anos de prática, pois grande parte do jogo talvez não surja naturalmente. São necessárias certas habilidades básicas, e uma vez dominando-as, pode-se ser capaz de aplicar as leis do poder com mais facilidade.

Uma habilidade fundamental está relacionada com o controle das emoções para se distanciar do

momento presente e pensar de forma objetiva no passado e no

Relacionados

  • Resenha da parte 3 do livro "Por uma Geografia do Poder", de Claude Raffestin
    1922 palavras | 8 páginas
  • Resenha do livro gestalt do objeto
    2133 palavras | 9 páginas
  • Livro " As armadilhas do poder"
    1338 palavras | 6 páginas
  • Resenha do capitulo do livro ciencia politica
    1038 palavras | 5 páginas
  • Resenha do livro Igreja Carisma e Poder, Leonardo Boff
    1050 palavras | 5 páginas
  • Resenha capitulo iv e v do livro microfísica do poder
    1930 palavras | 8 páginas
  • Resenha do livro fédon
    1597 palavras | 7 páginas