Resenha do livro - discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens.

4622 palavras 19 páginas
BIBLIOGRAFIA

ROUSSEAU, Jean-Jacques. Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens. Porto Alegre: Editora L&PM, 2008.

RESENHA

Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens.

São consideradas na espécie humana duas espécies de desigualdade: a natural ou física, porque é estabelecida pela natureza, e que consiste na diferença das idades, da saúde, das forças do corpo e das qualidades do espírito, ou da alma; a outra que se pode chamar de desigualdade moral ou política, porque depende de uma espécie de convenção, e que é estabelecida ou, pelo menos, autorizada pelo consentimento dos homens. Consiste esta nos diferentes privilégios de que gozam alguns com prejuízo dos outros, como ser mais ricos, mais honrados, mais poderosos do que os outros, ou mesmo fazerem-se obedecer por eles.
Não se pode perguntar qual é a fonte da desigualdade natural, porque a resposta se encontraria enunciada na simples definição da palavra.

Este discurso marca o progresso das coisas e o momento em que, sucedendo o direito à violência, a natureza foi submetida à lei; explicar por que encadeamento de prodígios o forte pode resolver-se a servir o fraco, e o povo a procurar um repouso em idéia pelo preço de uma felicidade real.

O Discurso – 1ª parte:

A teoria comparada fez poucos progressos, e as observações dos naturalistas são ainda muito incertas, para se estabelecer sobre tais fundamentos em um raciocínio

Relacionados

  • Marilena Chauí e seu discurso sobre a relação entre a psicanálise e os contos de fada
    7580 palavras | 31 páginas
  • A Origem dos Contratos e os Contratos Internacionais
    3923 palavras | 16 páginas
  • Resenha Capítulo 2 e 3 do livro " OS ECONOMISTAS- A TEORIA GERAL DO EMPREGO, DO JURO E DA MOEDA" de John Maynard Keynes.
    1003 palavras | 4 páginas
  • Resenha do livro "As políticas públicas e a desigualdade racial no Brasil"
    2571 palavras | 11 páginas
  • Os fundamentos da crise atual do capitalismo
    2187 palavras | 9 páginas
  • Redação de desigualdade entre homens e mulheres
    440 palavras | 2 páginas
  • RESENHA CRÍTICA DA OBRA “DISCURSO SOBRE AS ORIGENS E OS FUNDAMENTOS DA DESIGUALDADE ENTRE OS HOMENS”.
    1386 palavras | 6 páginas
  • Os fundamentos do ateísmo
    6894 palavras | 28 páginas
  • Resenha do texto: “O ritual do corpo entre os sonacirema”
    447 palavras | 2 páginas