Resenha do livro mauá - o empresário do império

15505 palavras 62 páginas
RESENHA DO LIVRO – MAUÁ: O EMPRESÁRIO DO IMPÉRIO

Maio 2010

Capítulo 1 – Os Dois Imperadores

Conhecido como o barão de Mauá, Irineu Evangelista de Sousa, morava no palacete São Cristovão. Ganha como pagamento de dívida, era uma das casas mais invejadas da cidade do Rio de Janeiro, e tinha como vizinho o imperador, o que proporcionava ao barão um acompanhamento da movimentação da casa ao lado Sua mãe, dona Mariana Batista de Carvalho, e sua irmã, Guilhermina de Souza Machado eram completamente diferentes. Enquanto dona Maria adorava morar perto do Rei e se interessava por etiqueta, sua irmã, era uma triste viúva que não gostava do agito do palacete, nem dos olhares que este atraía. Guilhermina preferia uma vida mais calma e discreta, julgava fútil a atitude da mãe que reparava nas roupas e carruagens dos que visitavam a corte, fato que causava inúmeras discórdias entre elas, brigas as quais eram mediadas pela sobrinha e esposa do barão, Maria Joaquina. Moravam todos juntos, a mãe, a irmã, a esposa e os seis filhos do barão. Apaixonado por seu trabalho e por sua família, o Barão dedicava muitas de suas noites ao trabalho em seu escritório. Muito organizado e até mesmo sistemático, mantinha uma rotina em seus dias, sempre se interava das notícias mundiais, lendo diversos jornais internacionais, depois dedicava-se a ler sua correspondência pessoal e a classificava por assunto e remetente, respondia-as seguindo uma ordem de formalidade, sendo as mais

Relacionados

  • Resenha do livro "o imperio do divino"
    6199 palavras | 25 páginas
  • Resenha Crítica O Livro Negro do Empreendedor
    651 palavras | 3 páginas
  • Resenha do livro: estação carandiru
    853 palavras | 4 páginas
  • Resenha crítica do livro introdução a economia
    6812 palavras | 28 páginas
  • A era dos imperios resenha
    893 palavras | 4 páginas
  • Resenha do livro O caçador de pipas
    1414 palavras | 6 páginas
  • Resenha do livro chatô – o rei do brasil (fernando morais)
    1146 palavras | 5 páginas