Resenha do livro: o brasil: território e sociedade no início do século xxi

6054 palavras 25 páginas
.
UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ
CURSO DE GRADUAÇÃO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS

Disciplina: Geografia Econômica
Professora: Gutemberg de Vilhena Silva
Turma: HRI - I
Acadêmico (a): Sara Monte Verde Cortes

Fichamento
Santos, M.; Silveira, M. L.
O Brasil: território e sociedade no início do século XXI
Record,2001

Junho, 2012

Capitulo IV
A constituição do meio tecnico-cientifico-informacional a informação e o conhecimento. 1. O conhecimento do território

“O território é usado a partir de seus acréscimos de ciência e técnica, e tais características o definem como um novo meio geográfico. Tanto sua constituição como o seu uso exigem, todavia, parcelas volumosas de informação que se destribuem segundo métricas diversas.”
“haveria, assim, existências paralelas: um território bem-informado, e um numero infinito de situações intermediarias.” ( p. 93)
“Cabe, então, considerar a relação entre duas potencialidades: a do conhecimento técnico e a da ação (...)”
“A preocupação com a meteorologia e com as necessidades do mundo rural foi precoce no Brasil”
A convergência faz técnicas para um sistema unificado, novidade do período atual, significa, outrossim, a utilização combinada de modernos objetos técnicos na produção de uma informação sobre a terra e sobre o tempo. São formas revolucionárias de controle do território a partir de novos sistemas técnicos que, como o Sistema de Vigilância da Amazônia Legal (Sivam), convertem áreas antes esquecidas em alvo

Relacionados

  • Capitulo XIV do livro: O BRASIL: TERRITÓRIO E SOCIEDADE DO SÉCULO XXI.
    1135 palavras | 5 páginas
  • Resenha dos capítulos x e xi do livro “o brasil: território e sociedade no início do século xxi”, de milton santos e maría laura silveira
    803 palavras | 4 páginas
  • Resenhas
    2080 palavras | 9 páginas
  • origem das revistas
    6020 palavras | 25 páginas
  • MOVIMENTO POPULAR NA COMUNIDADE DO LAGAMAR
    3377 palavras | 14 páginas
  • Monografia jornalismo cultural
    16758 palavras | 68 páginas