Resenha do livro "para gostar do direito" - joao baptista herkenhoff

1670 palavras 7 páginas
Referência Bibliográfica
HERKENHOFF, João Baptista. Para gostar do Direito (Carta de Iniciação para gostar do Direito). Editora Livraria do Advogado, Porto Alegre, 3ªed, 2000.

“Para gostar do direito” é um livro como o autor mesmo expõe de caráter estimulador, nos novos acadêmicos, o gosto pelo direito e também para quem já utiliza essa função como meio de vida. Dividido em oito capítulos, cada um deles com um foco, porém todos interligados num mesmo objetivo. Consisti basicamente em uma carta de iniciação ao Direito. Herkenhoff analisa de forma clara e precisa suas ideias, bem como a ideologia de outros cientistas do Direito, que em muitas ocasiões se contrapõem às deles.
No primeiro capítulo é explanada a importância de fazer inicialmente no curso de direito a cadeira de "introdução ao Direito" que deve ter o papel de esclarecedora do que seja fazer o curso, e com isso fazer com que o aluno obtenha prazer em estudar o direito, afirma que a mesma, é uma disciplina formativa, logo deixa de ser jurídica e com isso não tem autonomia cientifica. Essa cadeira motivadora que o autor a chama de "iniciação para gostar do direito” possuiria dois objetivos: ministrar noções, compreensão dos fenômenos jurídicos; e ser fornecedora de instrumentos para tal compreensão. Nesta cadeira devem se tratar os temas fundamentais.
Ainda nesta questão, cabe ressaltar a importância da Filosofia do Direito para definir o Direito, assim como a Filosofia do Direito, outros temas

Relacionados