Resenha do livro território e historia no brasil

8528 palavras 35 páginas
INTRODUÇÃO
Desde a independência, as elites brasileiras conceberam o Brasil como um espaço, e não como uma sociedade. E mais, como um espaço a ser conquistado, num movimento expansivo no qual as populações foram pensadas como mero instrumento desse processo de ocupação. O acerto de contas com o passado e a busca de novos paradigmas metodológicos norteou o projeto teórico dos geógrafos progressistas no período. Um profundo e explícito debate ideológico rapidamente se constituiu no seio da geografia brasileira, expressando os diferentes posicionamentos filosóficos e partidários existentes na frente política que compunha a geografia critica. Frente também rapidamente hegemonizada pela metodologia marxista, fato que não amenizava a grande diversidade de interesses e concepções presente em seu interior. Até por imposição de método, a dimensão histórica emergia como essencial para todo esse movimento de corte acadêmico.
O autor tem como objetivo é entender o Brasil, esclarecendo as determinações geográficas de sua formação, entendendo a geografia como materialidade e como representação. Estou convencido de que a dimensão espacial recorte uma determinação básica de nossa história, e que a geografia tem grande centralidade explicativa nesse contexto. Assim, articular a consciência do espaço, as ideologias geográficas, as políticas territoriais e o espaço produzido, numa circularidade recorrente, tendo por objeto a formação histórica brasileira. Tal objetivo orienta caminhos,

Relacionados

  • Resenha do livro educação física no brasil; a história que não se conta.
    770 palavras | 4 páginas
  • RESENHA ELABORADA DO LIVRO: ENSINO DE HISTÓRIA FUNDAMENTOS E MÉTODOS
    4006 palavras | 17 páginas
  • Resenha do livro: o brasil: território e sociedade no início do século xxi
    6054 palavras | 25 páginas
  • Resenha do livro "As políticas públicas e a desigualdade racial no Brasil"
    2571 palavras | 11 páginas
  • Capitulo XIV do livro: O BRASIL: TERRITÓRIO E SOCIEDADE DO SÉCULO XXI.
    1135 palavras | 5 páginas