Resenha: livro o seringal e o seringueiro de cezar arthur reis

1630 palavras 7 páginas
Universidade Federal do Acre
Centro de Filosofia e Ciências Humanas
História em Licenciatura 8º Período matutino
Historiografia Amazônica.

Resenha: Livro O Seringal e o Seringueiro de Cezar Arthur Reis
Adriana Silva Ednalva Santos Flaviana Coimbra Stefani Caruta Ronaldo

Rio Branco Acre 11/10/11

Adriana Silva
Ednalva Santos
Flaviana Coimbra
Stefani Caruta
Ronaldo

Resenha: Livro O Seringal e o Seringueiro de Cezar Arthur Reis

Resenha apresentada ao professor Dr. Carlos Alberto de Souza ,da disciplina de Historiografia Amazônica como requisito de avaliação.

Rio Branco Acre 11/10/11
INTRODUÇÃO
O livro “O Seringal e o Seringueiro”, de Arthur Cezar
…exibir mais conteúdo…
Procurando uma visão mais crítica do que a colocada usualmente, onde se vê a figura do seringueiro subjugada, Reis não a desconsidera, mas propõe uma olhar menos romantizado, considerando que a história amazônica se desenvolve em um ambiente crítico, fisicamente falando, onde diversos componentes estão ocupando diferentes posições, dando forma a uma nova forma de vida, “tais relações, no entanto, devem ser explicadas pela barbaria do meio natureza e do meio sociedade em formação”. (REIS, p. 95), o que diferencia seu trabalho.
Considera o seringal como o núcleo a desenvolver essa etnografia por considerar melhor expressão para a Amazônia. Desenvolve todos os aspectos supracitados dentro dos três ciclos econômicos da história Amazônica, girando em torno da borracha.

2 -O autor, suas obras e influências
Arthur Cézar Ferreira Reis, historiador e político, nasceu em Manaus em 8 de janeiro de 1906. Autor de diversas obras governou o estado do Amazonas de 29 de junho de 1964 (apontado pelo presidente Humberto Castelo Branco para substituir o governador anterior) a 31 de janeiro de 1967.
Tornou-se um dos mais fecundos historiadores da Amazônia. Em sua extensa bibliografia, abordou os mais variados temas, desde a “descoberta” pelos portugueses daqueles vastos sertões, os interesses econômicos que conduziram o processo de ocupação e colonização do imenso território, até a geopolítica focalizada nas disputas entre Portugal e Espanha em torno das fronteiras e a

Relacionados

  • Resenha livro capacitação e desenvolvimento de pessoas
    3290 palavras | 14 páginas
  • Resenha livro - de corpor e alma - o discurso sobre motricidade
    923 palavras | 4 páginas
  • Resenha do livro "letramento e alfabetização" de magda soares
    1298 palavras | 6 páginas
  • Paralelo entre o livro principe de maquiavel e o filme rei leão
    1598 palavras | 7 páginas
  • RESENHA CRÍTICA DO LIVRO “O MONGE E O EXECUTIVO
    1481 palavras | 6 páginas
  • Resenha do livro o que é semiótica
    2230 palavras | 9 páginas
  • Paralelo entre rei leão e o principe de maquiavel
    1335 palavras | 6 páginas
  • Resenha do livro chatô – o rei do brasil (fernando morais)
    1146 palavras | 5 páginas