Resenha: “o campo e a abordagem antropológicos”

1026 palavras 5 páginas
UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO
CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS
CADEIRA: ANTROPOLOGIA

RESENHA

“O CAMPO E A ABORDAGEM ANTROPOLÓGICOS”

O autor começa mostrando-nos a realidade, que desde sempre o Homem se interrogou com inúmeras perguntas, e isto ainda hoje acontece. Mas com a evolução as respostas foram sendo outras, tendo mais teorias e métodos para obter as respostas, e as perguntas foram sendo mais complexas.

A antropologia surgiu no final do século XVIII, até então não se havia aplicado métodos científicos ao estudo do homem. A principio foram estudadas as sociedades longínquas, ditas primitivas e localizadas fora do ambiente europeu,este fato foi muito influenciado pela colonização.

No começo do século XX, as sociedades primitivas começaram a escassear, pois nem estas eram poupadas do avanço social e a antropologia se vê diante de uma crise de identidade e se põe a seguinte pergunta: “a morte do selvagem há de causar a morte daqueles que haviam se dado como tarefa o seu estudo. E Laplantine mostra o seu ponto de vista, apresentando 3 vias diferentes que são:

1) os antropólogos que se dedicam à sociologia comparada;
2) os antropólogos que vão ao encontro de outro tipo de “primitivismo”, como o camponês, dedicando-se assim aos estudos etnográficos e
3) os antropólogos que deixam de lado o objeto empírico do primitivo e que fazem uma abordagem epistemológica do homem, ou seja, que procuram respostas universais, não limitando os seus estudos a espaços

Relacionados

  • Resenha sobre o capítulo 3 do livro “Saúde e doença: um olhar antropológico
    1085 palavras | 5 páginas
  • ética empresarial
    1823 palavras | 8 páginas
  • Kersting, wolfgang. “em defesa em um universalismo sóbrio.” in:
    1271 palavras | 6 páginas
  • A noção de cultura nas ciências sociais-denys cuche-resenha
    1931 palavras | 8 páginas
  • antropologia e cultura 1
    6672 palavras | 27 páginas
  • Resenhas : o impacto do conceito de cultura sobre o conceito de homem, a noção de cultura nas ciências sociais - denys cuche, raça e história: raça e cultura - levi-strauss, cultura um conceito antropolodigo- duque
    4210 palavras | 17 páginas
  • Resenha da obra O Direito entre o Poder e o Ordenamento de Paolo Grossi
    3159 palavras | 13 páginas
  • Pratica discursiva e linguagem
    13025 palavras | 53 páginas