Resenha o capital capítulos 1, 2 e 3

2151 palavras 9 páginas
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Defesa e Gestão estratégica Internacional Economia Política Internacional Karl Marx

Resenha (Três primeiros capítulos de: O Capital)

Eduarda Oliveira Castro de Souza

Rio de Janeiro – RJ

1

Sumário Capítulo I Capítulo II MERCADORIA O PROCESSO DE TROCA

Capítulo III O DINHEIRO OU A CIRCULAÇÃO DAS MERCADORIAS

2

A mercadoria constitui o material de estudo do primeiro capítulo do volume um do “O Capital” de Karl Marx. É inegável que a mesma representa a satisfação das vontades e necessidades humanas, sejam essas supérfluas ou não. Porém, o objetivo deste trabalho não é analisar como são satisfeitas essas necessidades, mas sim, se o objeto é um meio de subsistência ou um meio de
…exibir mais conteúdo…
Pois, a moeda surgiu através da prata, sendo assim, tanta quantidade de mercadoria, equivale a tantas gramas de prata. Como qualquer outra mercadoria,o dinheiro pode expressar sua própria grandeza de valor apenas relativamente em outras mercadorias. Seu próprio valor é determinado pelo tempo de trabalho necessário a sua produção e se expressa naquele quantum de qualquer outra mercadoria em que está cristalizado o mesmo tempo de trabalho. Com a chegada do dinheiro, qualquer mercadoria, para se transformar em outra mercadoria, precisa antes se transformar em dinheiro. Sendo assim, as trocas deixaram de ser, por exemplo: x Café – x madeira – x maçã, passando a ser: Café – dinheiro – madeixa – dinheiro – maça. Representação: mercadoria (M) → dinheiro (D) → mercadoria (M) → dinheiro (D) Porém, há algo a mais nesse processo, acontece que o dinheiro tem um progresso, aumentando a cada troca, ficando assim: mercadoria (M) → 1 dinheiro (D) → mercadoria (M) → 2 dinheiro → mercadoria (M) → 3 dinheiro: D-M-DI-M-D2-M-D3.

4

A partir dessa fórmula verifica-se que para se criar capital, o capitalista precisa de uma mercadoria suficientemente elástica para que possa aumentar ainda mais seu dinheiro. A partir do acúmulo de dinheiro, para o capitalista produzir sua própria riqueza, ele precisa comprar força de trabalho, para isso precisa compra essa força aos poucos, pois se compra

Relacionados

  • A nova desordem mundial ( resenha capitulos 1 e 2)
    834 palavras | 4 páginas
  • RESENHA - KOSIK, Karel. Dialética do Concreto. Capítulos 1 e 2.
    1112 palavras | 5 páginas
  • Resumo do Livro : África e Brasil Africano capítulos 1 2 e 3
    4278 palavras | 18 páginas
  • Resumo Capitulo 3 - O capital - Karl Marx
    2981 palavras | 12 páginas
  • ResumoMarx Capitulo 3 - O Capital - Karl
    2958 palavras | 12 páginas
  • RESUMO DISCIPULADO (CAPITULO 1, 2 E 3)
    3672 palavras | 15 páginas
  • exercicio capitulo 1 - 2 - 3 chavineto
    8363 palavras | 34 páginas