Resenha pedagogia do oprimido

1230 palavras 5 páginas
FACULDADE INTEGRADA DE ENSINO SUPERIOR DE COLINAS – FIESC.
CURSO DE SERVIÇO SOCIAL
DISCIPLINA: POLITICA SOCIAL V
Professora: ELISTÊNIA DA FONSECA BEZERRA

RESENHA
Aluna: MARIA LUCIANA ALMEIDA VIEIRA VASCONCELOS
Data: COLINAS DO TOCANTINS/TO, 08 DE MARÇODE 2009

Freire, Paulo
Pedagogia do Oprimido, 17ª ed. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1987.

Segundo o autor, Paulo Freire, em seu livro Pedagogia do Oprimido, retrata o problema da opressão nos âmbitos da educação, alfabetização de adultos e na sociedade em geral, em relação à camada mais pobre, entendendo ser os menos favorecidos os mais atingidos. Essa opressão deixa as pessoas atadas e amordaçadas sem, no entanto, terem força para superar essa condição que lhes é imposta.
…exibir mais conteúdo…
Ação e reflexão se dão simultaneamente.
Nessa Educação como Prática da Liberdade, o autor tenta confirmar sempre a necessidade, de não desprezarmos, a educação popular, pois os educando trazem consigo a compreensão do mundo, das mais diversas dimensões de sua pratica social de que fazem parte. Isso significa que o diálogo é algo fundamental, pois, não há diálogo, se não há um profundo amor ao mundo e aos homens; e não há também diálogo, se não há uma

Relacionados

  • Resenha Crítica do Livro Pedagogia do Oprimido – Paulo Freire
    999 palavras | 4 páginas
  • Resenha FREIRE, Paulo. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 2011.
    4184 palavras | 17 páginas
  • Síntese pedagogia do oprimido
    395 palavras | 2 páginas
  • pedagogia
    1513 palavras | 7 páginas
  • Resenha do livro pedagogia da indignação de paulo freire
    2026 palavras | 9 páginas
  • Resenha do livro pedagogia da autonomia
    1655 palavras | 7 páginas
  • Análise critica do filme "Escritores da liberdade"
    943 palavras | 4 páginas
  • Resenha do livro "a reprodução" de pierre bourdieu
    2086 palavras | 9 páginas
  • identidade e diferença
    1002 palavras | 5 páginas
  • Pedagogia e pedagogos: inquietações e buscas
    1194 palavras | 5 páginas