Resenha sobre a discriminação negativa de robert castel

2696 palavras 11 páginas
RESENHA SOBRE A DISCRIMINAÇÃO NEGATIVA DE ROBERT CASTEL
INTRODUÇÃO
Na França, a população imigrante com nacionalidade francesa é relegada a condições de vida à margem da sociedade, com péssimas condições de educação e consequentemente sem uma perspectiva de futuro profissional, jovens que tem grande probabilidade de trilhar pelos bolsões de violência devidos os problemas sociais.
A República permitiu um campo de igualdade entre a população através de leis, pois rompeu com privilégios relacionados à natureza, às tradições e às hierarquias sociais. Mas a formação social destrói isso por meio da diferenciação dos indivíduos.
Na instauração da República os povos que não eram franceses tiveram oportunidades educacionais e passaram a ser
…exibir mais conteúdo…
O que não ocorre na França, pois as Zonas Urbanas Sensíveis (ZUS) agrupam mais de 4 milhões de pessoas com características étnicas diferentes.
Alguns projetos políticos foram executados nestas regiões, tais como o “desenvolvimento social dos bairros” (DSQ), que mesmo não tendo resolvido todos os problemas locais, mas caracterizou-se como uma discriminação positiva, pois teve a finalidade de minimizar os problemas de tal população.
AINDA NÃO EXISTEM EXCLUÍDOS
Os jovens da periferia não são excluídos da sociedade francesa, pois possuem cidadania social e política. Um indivíduo é excluído apenas quando não tem direitos, atributos ou recursos para participar da vida coletiva.
Segundo Bachman e Le Guennec, o excluído não existe, ele nada mais é do que uma pessoa sem trabalho regularmente remunerado e socialmente dominado, e aos olhos de todos é portador de um status inferior, por um lado vivendo de alguns subsídios públicos e privados que lhes são dados segundo ritmos mais ou menos aleatórios e, por outro, sobrevivendo de expedientes gerados à margem da legalidade.
Mesmo não estando excluídos da sociedade, os jovens da periferia não se sentem dentro dela, pois os mesmos se sentem sem perspectiva de um futuro profissional e entre outras condições e tratamentos que os diferenciam e que os descriminam negativamente, desqualificando-os.
A GESTÃO DIFERENCIAL DAS MINORIAS ÉTNICAS
Não só os jovens da periferia sentem os problemas sociais da

Relacionados