Resenha vendo vozes: uma viagem ao mundo dos surdos

1275 palavras 6 páginas
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO

ESCOLA DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS

CAMPUS GUARULHOS

Renata Geraissati Castro de Almeida

Resenha do texto Vendo Vozes

GUARULHOS
2013
O AUTOR OLIVER SACKS – NEUROLOGISTA E BIÓLOGO- NO PRIMEIRO CAPÍTULO DE SUA OBRA VENDO VOZES: UMA VIAGEM AO MUNDO DOS SURDOS[1] INICIA SUA ARGUMENTAÇÃO REALIZANDO UMA PROVOCAÇÃO AO LEITOR, PROPONDO QUE ATUALMENTE SOMOS MUITO MAIS IGNORANTES COM RELAÇÃO À SURDEZ DO QUE FOMOS DURANTE 1786 A 1886 E EXPLICARÁ O PORQUÊ DESTA AFIRMATIVA NAS LINHAS SEGUINTES. Antes disso o autor irá explicar qual é seu recorte, pontuando que o termo “surdo” é vago e designa uma série de variações de graus
…exibir mais conteúdo…
Estava posto um dilema, dever-se-ia interromper o ensino que alfabetizou centenas de surdos e propiciou sua educabilidade e cidadania e substituí-lo pelo ensino da fala, algo que levaria muito mais tempo e seria muito mais difícil. Portanto, em nome do ensino da fala era aceitável prejudicar a educação geral? O debate se

Relacionados

  • Resenha: vendo vozes: uma viagem ao mundo dos surdos
    1160 palavras | 5 páginas