Resumo Cap. I Livro "O corpo das imagens" de Jean Claude Schmitt

889 palavras 4 páginas
Resumo Capítulo I do livro “O corpo das imagens” de Jean Claude Schmitt
Discussão sobre a metodologia da História da arte.
1. Historiografia.
a. A análise para UNIR Arte e História. Levar em consideração a totalidade das imagens (forma, estrutura, funcionamento e funções). Não se deve ater à simples contemplação, observação. Panofsky, na introdução, fala disso como a ingenuidade de observação.
b. As vantagens das imagens para o historiador. Pelas imagens vê-se o passado mais claramente, precisamente, historicamente.
c. Marc Bloch defende que o historiador faça um paralelo entre o desenvolvimento de uma sociedade e os fenômenos artísticos. A relação é considerada perigosa pelos historiadores, todavia reconhece-se a necessidade do
…exibir mais conteúdo…
b. “Imago als kultur”: A imagem como “lugar de memória”. Tarefa difícil do historiador da arte. Compreender a função estética das obras como uma dimensão essencial de seu significado histórico (papel cultual, politico, jurídico e ideológico). Consiste em recolocar as imagens no conjunto do “imaginário social” com suas implicações de poder e de memoria, além do conhecimento das obras e das tradições artísticas. A imagem visa tornar-se um documento/monumento

Relacionados