Resumo Direito Penal IV Av1 1

14640 palavras 59 páginas
Universidade Estácio de Sá
Resumo de Direito Penal IV
Vinícius Lameiro
Resumo de Direito Penal IV com base nas doutrinas de Magalhães de Noronha; Heleno
Fragoso e Julio Fabbrini Mirabete.
Capítulo I
Dos crimes praticados por funcionário público contra a administração em geral

Peculato:
O peculato é previsto no Art. 3121. A lei tem em vista a probidade adminsitrativa, tutelando-se a administração pública no que tange ao patrimônio público, o interesse patrimonial do Estado, ainda que de bens particulares. A maior relevância, porém, não é tanto a defesa dos bens da administração, mas o interesse do
Estado, genericamente visto, no sentido de zelar pela probidade e fidelidade da administração. O dano mais do que material, é moral e político.
1.2 - Sujeitos do crime:
O sujeito ativo é o funcionário público, no amplo conceito previsto no Art. 3272.
Nada impede, porém, que havendo concurso de agentes seja responsabilizado por tal ilícito quem não se reveste dessa qualidade, diante do que dispõe o Art. 30, já que se trata de circunstância elementar do crime. Se o sujeito desconhece a condição de funcionário público do agente, não responderá por peculato, mas por outro ilícito. No caso, o dolo do coautor ou partícipe não abrange aquela circunstância elementar.
Para Mirabete é irrelevante que o funcionário tenha prestado compromisso ou tomado posse ou que sua admissão tenha sido irregular. Somente aquele que ocupa o cargo arbitrariamente não responde por esse delito mas pelo crime

Relacionados

  • AULA 1 DIREITO PENAL IV
    6517 palavras | 27 páginas
  • 2015 Direito Penal IV 1
    4512 palavras | 19 páginas
  • DIREITO PENAL - III / SEMANA - 1
    1134 palavras | 5 páginas
  • Resumo do Livro Direito Penal 1 CLEBER MASSON
    4273 palavras | 18 páginas
  • resumo direito penal
    3093 palavras | 13 páginas
  • Resumo direito penal 1
    12172 palavras | 49 páginas
  • Trabalho Direito Penal 1
    3312 palavras | 14 páginas